Conexão Lia Nagel

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

10 dicas para se tornar um homem mais atraente para as mulheres

Saiba como se tornar num homem mais atraente com as 10 dicas seguintes:





1 – Aprenda a contar uma história interessante sobre qualquer assunto


Um aspecto fundamental para se tornar num homem mais interessante e atraente é aprender a saber contar uma história, sobre qualquer assunto. Como exemplo pense em histórias sobre óperas ou mitos históricos. Um elemento chave numa história interessante é o protagonista – o bom da fita. Histórias deste gênero resultam bem se incluir um tom de sofrimento e posterior recuperação e vitória do protagonista. Tenha cuidado, porém, não dramatize nem se prenda a histórias depressivas. Outros temas incluem conflito, tensão, tragédia e humor. O humor sempre foi o meu terreno natural. Descubra o seu tema e com o qual se identifica com maior naturalidade. Tenha atenção de que o gênero de história a contar terá que ter algo a ver com a mulher em causa e para isso terá que confiar no seu instinto.



2 – Aprenda a ser um cômico atrevido

Geralmente, este talento é um dos mais atraentes e que suscitam melhores sentimentos nas mulheres. Mas nem nem sempre pode ser aprendido e funciona melhor com pessoas que o possua de forma inata. Trata-se de uma combinação de humor com uma certa dose de atrevimento mas que deverá ser doseado pois pode produzir o efeito contrário. As pessoas que apresentam esta característica naturalmente são pessoas vivas, brincalhonas e muitas vezes imprudentes. É o tipo de homem que diz o tipo de coisa que pode fazer a mulher ficar de boca aberta e ao mesmo tempo divertida. Mas lembre-se, demasiado atrevimento pode dar a idéia de que é pouco transparente e que age assim quase de forma profissional. Demasiado comediante e pode transmitir a idéia de pateta. Como saber se está a funcionar?Pense no meio-termo e dê um passo de cada vez se não conhece a mulher muito bem. É bom sinal se ela se rir.

3 – Faça amizades femininas

Este ponto é importante e suscita imensa controvérsia entre os homens. Para o típico macho, um homem que tem muitas amigas é um homem cuja orientação sexual é duvidosa. Muitos homens vêem as mulheres de três formas:
1 – ou já tentaram alguma coisa com elas e não tiveram sucesso – nesse caso já não interessam;
2 – ou
ainda não conseguiram nada com elas – nesse caso interessam com um único propósito;
3 – ou já tiveram
alguma coisa com elas no passado – nesse caso passam ao estatuto de “ex” e por isso já não interessam;
Preconceitos à parte, uma das coisas que um homem solteiro, honesto, bem formado e bem-intencionado pode fazer é ter várias amigas (apenas) semelhantes à mulher que gostaria de conquistar. A razão é simples: estas suas amigas mulheres vão ensinar-lhe como deve interagir com mulheres do mesmo tipo, vão ensinar-lhe tudo o que precisa de saber. Se souber fazer as coisas bem e mantiver a sua postura masculina, verá ainda que elas vão trazer outras mulheres a si.


4 – Seja provocador

Este é mais um aspecto que terá que ser interpretado por cada um com peso e medida, dependendo também da mulher que pretende conquistar. A idéia é provocar sensaçõespsicológicas, emocionais e físicas na mulher, de uma forma que desperte respostas positivas da parte dela. A ideia é ser imprevisível e pode implicar criatividade e coragem da parte do homem. As mulheres adoram o efeito da antecipação e geralmente gostam de surpresas (se forem boas).


5 – Instrua-se sobre o processo de acasalamento entre seres humanos

Como qualquer outro animal, o ser humano segue uma série de passos bem definidos no processo de acasalamento. Desde o primeiro contacto visual até ao sexo, é um processo com milhares de anos de existência – e evolução, claro! Se perguntar a uma mulher quais são os passos deste processo, muito provavelmente ela explica-lhos com fundamento e coerência. Se perguntar a um homem, a resposta pode ser desconcertante ou talvez não saiba mesmo responder. Invista algum tempo a aprender os aspectos fundamentais sobre o acasalamento e os relacionamentos homem – mulher. Vai ajudá-lo a perceber melhor as mulheres.


6 – Aprenda a interpretar uma situação antes de agir ou falar

É um fato que as mulheres têm os sentidos mais apurados do que os homens, no que diz respeito à análise da dinâmica social e o que acontece com as pessoas à sua volta – quem controla o quê, quem gosta de quem, quem engana quem, quem é falso/falsa, etc. Porém, esta característica pode ser aprendida pelos homens também. Se aprender a ler estas situações, interacções sociais e dinâmica entre grupos, verá que esta capacidade jogará a seu favor.


7 – Seja honesto, autêntico e correcto – seja você, sempre!

A fase de conquista é crucial pois cada um está atento a cada reacção do outro, a aprender sobre a personalidade do outro e atenção a todos os detalhes. Se estiver a tentar criar boa impressão, o pior que pode fazer é tentar passar por alguém que não é você. Estará no modoshowoff e depressa ela vai perceber que não está a ser autêntico mal o apanhe numa contradição. Seja você próprio e aprenda que há determinado tipo de mulheres para as quais você não é o tipo de homem desejado.


8 – Estabeleça fronteiras o mais cedo possível

Se na sua opinião a mulher que pretende conquistar fizer alguma coisa inaceitável, exprima imediatamente aquilo que sente. Por exemplo, suponha que está num bar com essa pessoa e que ela lhe diz “Fica a falar comigo porque está ali um chato com quem falei no outro dia, só para pedir uma bebida, e que agora não me larga”. Se sentir que está a ser usado, diga-lhe. Explique-lhe o que sente e seja verdadeiro, não ponha nada para dentro. Se a sua conquista der origem a um namoro prolongado, é uma questão de tempo até que as questões oprimidas venham ao de cima. Outro erro clássico é desrespeitar ex-companheiras ou ex-companheiros. Ambos tiveram relações anteriores e como adultos que se respeitam mutuamente, não é saudável vasculhar detalhes e gozar sobre ex-companheiras ou companheiros.


9 – Olhe para lá do conteúdo para perceber a verdadeira essência da mulher

A forma como uma mulher se exprime pode muitas vezes deixar um homem cego para além do “conteúdo” da sua expressão. Ou seja, imagine que está a interagir como uma mulher que não conhece bem e está tentar interpretar os sinais para a conhecer melhor. Se ela se mostrar demasiado dramática perante os factos que lhe relata, em vez de deixar prender apenas pelo conteúdo do seu relato, tente perceber pela forma como ela se exprime como será a sua personalidade. Pode ou não ser o tipo de mulher para si.


10 – Ligue-se às emoções e ao corpo dela, não tanto à mente

Abordar uma mulher com uma estratégia lógica, definida ao detalhe, é fracasso certo. Tentar usar demasiada premeditação para se tentar fazer passar por atraente não funciona e só o vai prejudicar. Procure conseguir capturar as emoções da mulher, faça ou mostre algo que seja divertido e ousado. Conte-lhe uma história que prenda o seu coração. Se ela estiver na sua sintonia, vai começar a notar pequenos sinais de reciprocidade.

Fonte: Manteraforma; Lia Nagel

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Alok & IRO - Table For 2

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Alok & Sevenn - The Wall

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Aprenda a identificar os tipos clássicos de homens problemáticos (homens cilada)

Eles existem desde que o mundo é mundo e, para não ser desmascarados, ficaram mais sutis na hora de camuflar as artimanhas.
Fomos mais espertas: procuramos vítimas recentes e fizemos o retrato falado dos homens roubada.
Olho neles!
Em tempos de relacionamentos complicados, parece um sonho deparar com um homem que faz de tudo para conquistar você e demonstra conhecer a alma feminina como poucos.
Se estiver fragilizada, então, melhor (para ele): é a presa perfeita.
Mas esse conto de fadas não costuma ter um final feliz.
Já aconteceu com você?
Bem vinda ao clube.
Todas nós já topamos com um tipo assim.
O homem cilada está em toda parte.
E às vezes a própria mulher dá uma forcinha: está tão predisposta a encontrar o parceiro ideal que não enxerga mais nada. Na hora de avaliar um candidato a namorado, é fundamental cuidar da auto estima. "Valorizar as próprias qualidades e não esperar que o outro venha confirmar o seu valor", traduz a psicóloga Lesley Xavier, do Rio de Janeiro.
O mais doloroso é descobrir que todo mundo ao redor percebia a armadilha, menos, claro, nós mesmas, que deixamos a situação se arrastar por anos - como aconteceu com a secretária Ana Magal, 31 anos, do Rio de Janeiro.
Ela manteve um relacionamento com um homem cilada por quase cinco anos. Sempre que saíam, ele a apresentava como uma simples amiga. "Eu me chateava, mas estava apaixonada demais para terminar." Hoje, Ana desconfia daqueles que se mostram fofos, mas arranjam desculpas para não dar as mãos na rua e se enrolam com explicações para um simples atraso, por exemplo.

Se ninguém está a salvo de esbarrar com esses tipos, a boa notícia é que, mesmo se esforçando para não deixar pegadas, eles podem ser reconhecidos a tempo.
Conheça os quatro modelos mais comuns no mercado:

O homem ternura
Logo que conheceu "José", em um site de relacionamentos, a professora de educação física "Cíntia", 36 anos, ficou encantada. Ele vinha de uma série de namoros complicados, e Cíntia teve a certeza de que o moço encontraria nela, enfim, um porto seguro. Depois de duas semanas de conversa online, marcaram um encontro. A primeira semana foi um sonho: José era sempre "fofo" e apaixonado. Cíntia conheceu a mãe, o padrasto, o filho e os melhores amigos dele. Mas não frequentavam juntos locais públicos. "Ele dizia que a ex-mulher o colocara na Justiça porque ele pagava 'apenas' 10 mil reais de pensão para o filho e havia um mandado de prisão contra ele." Apesar dos avisos dos amigos, Cíntia continuou com ele. Quando José contou que o advogado tinha conseguido suspender o mandado de prisão, Cíntia comemorou, mas a alegria durou pouco. Na primeira noite de "liberdade", ele ligou dizendo que estava deprimido demais para se encontrar com ela. A intuição levou Cíntia a abrir a página de José na internet. "Havia um recado de uma moça de outra cidade e a resposta dele: uma declaração de amor. Fiquei chocada." Ao ser confrontado, José não assumiu o caso, mas, com cara de desolado, alegou que Cíntia era "linda demais para ele e que não teriam futuro juntos". O namoro terminou naquela mesma noite.

Como reconhecê-lo



Ele é "fofo", aparentemente carente, precisando de colo. Vem com aquela conversa de namoros sofridos ou ex-mulheres vingativas. Se diz um romântico à procura de um grande amor, que não teve sorte nos relacionamentos anteriores. Apresenta a nova "vítima" à família e aos amigos, fazendo-a sentir-se acolhida e segura.

O homem perfeito
A secretária capixaba Débora Ferreira, 28 anos, também pensou ter encontrado o homem ideal. Ele era gentil, trabalhador, carinhoso, dedicado... "Como falávamos em um futuro juntos, comecei a procurar apartamento e a pensar na data para o casamento. Foi quando ele mudou", diz. O moço passou a chegar tarde nos encontros e a repetir comentários como "muitos relacionamentos acabam antes de chegar ao altar". Ele foi esfriando e parou de se preocupar com os sentimentos dela. A perfeição era uma farsa: "Ele só queria viver experiências novas", descobriu Débora.
A jornalista Ana Kalyne, 40 anos, também caiu no laço do homem perfeito. "Ele fez de tudo para me conquistar: mandou flores, me levou aos melhores lugares, trouxe presentes lindos." Para completar, falava que queria casar e até chorava quando Ana dizia não querer a mesma coisa. "Depois de um tempo, cheguei mesmo a considerar a possibilidade de me casar." Afinal, que mulher não gosta de homens estáveis, inteligentes e, ainda por cima, aparentemente apaixonados? " Eles têm sempre na ponta da língua frases do tipo: 'Você é a mulher da minha vida'." Parecem ter a ideia fixa da conquista, mas quando ela acontece... se mandam. Foi assim com Ana. Hoje, ela está namorando e feliz. O eleito passa longe do estilo perfeito.

Como reconhecê-lo


É um sujeito que, de cara, demonstra ter todas as qualidades valorizadas pelas mulheres. É gentil, elegante, dá presentes. Geralmente, ele se declara logo na primeira semana, se expressa com facilidade, olha nos seus olhos e faz comentários que toda mulher gosta de ouvir, como elogiar o novo corte de cabelo.

O homem sincero
Esse faz o gênero franco. Deixa claro que não quer nada sério, mas garante que tamanha sinceridade é em respeito aos sentimentos da mulher.
A fisioterapeuta "Denise", 27 anos, caiu nessa conversa. A convite de um casal de amigos, foi à casa de um desses homens sinceros. Era um lugar elegante, como o dono da casa. Ele serviu um jantar acompanhado pelos melhores vinhos e discorreu sobre a arte da degustação. Quando deu por si, Denise estava aos beijos e abraços com o moço. Foram para a cama na mesma noite e tiveram uma transa fantástica. No dia seguinte, ela acordou com um café da manhã e, ao chegar em casa, recebeu uma mensagem dele. "Para mim, estava claro que haveria uma continuidade." Mas, passada uma semana, nenhum sinal do moço. O amigo em comum explicou que ele tinha acabado de se separar da mulher e estava se adaptando à vida de solteiro. "Eu me agarrei àquela explicação para justificar o sumiço dele e aproveitei a primeira oportunidade para encontrá-lo de novo." Na segunda vez, o sexo foi ainda mais explosivo. Mas, quando terminou, ele confessou que não queria nada sério com ninguém. "Eu não podia acreditar, tinha certeza de que ia dar certo." Era engano. Depois disso, o moço passou a evitá-la. "Vi que ele não queria nada mesmo. Pelo menos, não comigo."
Como reconhecê-lo


Ele é direto: não faz declarações nem perde tempo com presentinhos e bilhetes românticos. Vai logo ao ponto: quer levá-la para a cama. Obviamente, não diz isso com palavras, mas deixa claro por sua maneira de agir. Tudo é muito rápido: ele arma o cenário de sedução e dá o bote, porque quer estar livre e pronto para outra.

O homem vampiro
A hostess "Patrícia", 27 anos, conheceu um candidato a namorado em um site de relacionamento. Marcaram um encontro em um bar. Nem bem se sentaram, o moço passou a desfiar um rosário de lamentações: as dificuldades no trabalho e quanto ele dava duro na vida. Foi assim a noite inteira. Ao pedirem a conta, ele começou uma conversa sobre a divisão das despesas. "Eu disse que, no primeiro encontro, ele deveria pagar por uma questão de cavalheirismo." A contragosto, ele pagou a conta. Ao deixar Patrícia em casa, perguntou quando iriam se encontrar de novo. Ela riu, mas nunca mais atendeu a nenhum telefonema dele. "Vi que era totalmente roubada."
O homem vampiro suga a mulher. Muitos são possessivos e ciumentos.
A funcionária pública "Karina", 32 anos, namorou um tipo assim por três meses. "Ele controlava meus e-mails, me fez tirar minha página no Orkut e proibiu o MSN", conta. Tinha ciúmes de tudo e de todos, dos amigos aos familiares de Karina. Ela descontava a frustração comendo sem parar, e o namorado fazia comentários maldosos sobre os 5 quilos que Karina tinha ganhado. Mesmo com a autoestima em baixa, um dia a ficha caiu: "Eu estava fazendo análise e as sessões me ajudaram a perceber porque vivia tão infeliz. Aquele sujeito estava me sugando".

Como reconhecê-lo


É do tipo nervoso, agitado, inseguro, sempre com medo de ser traído. Gosta de vigiar todos os passos da pessoa com quem está saindo e tenta isolá-la do contato com os amigos e a família. Vive reclamando da vida. Quase nunca tem dinheiro, mas não faltam boas desculpas para pedir para você pagar a conta.

Fonte: Cláudia Ramos





Não dê de imediato as suas informações pessoais como telefone, endereço e outras referências. Afinal de contas, até que possa conhecer bem a pessoa que está do outro lado, vai demorar um pouquinho. Cuidado com as pessoas que logo sugerem uma certa intimidade. Tenha prudência, cautela com tudo que conversa pela internet. Salve todas as suas mensagens e bate papos virtuais. Atualize sempre seu anti vírus. Não marque encontros às escuras. Marque em locais públicos e comente sempre com amigos ou melhor, leve um amigo para ir com você ao encontro. Previna-se.