Conexão Lia Nagel

quinta-feira, 21 de março de 2013

Sexo ou Chocolate: têm dúvidas???



Você sabia que sexo e chocolate têm muito em comum? E tem até quem prefira a garantia de uma deliciosa barra de chocolate a possibilidade de uma noitada de sexo ruim?



O que é, o que é? É uma delícia, difícil de resistir, capaz de proporcionar uma maravilhosa sensação de prazer e ainda por cima vicia? 
Não, nós não estamos falando de sexo. 
O ‘sujeito’ em questão é o chocolate, inseparável companheiro de muitas mulheres e eterno vilão de todas as dietas. 
Mas o que esse doce tem de tão irresistível????
Muita coisa!!!!



Além do sabor incomparável, essa poderosa iguaria ainda estimula a produção em nosso organismo da serotonina, uma substância que está diretamente ligada à sensação de bem-estar. 
Afinal, não é à toa que os chocólatras são capazes de verdadeiras loucuras por um simples bombom, inclusive abrir mão de uma boa noite de sexo! Você não acredita? Pois existe quem faça…



Absolutamente tarada por chocolate, a fotógrafa Fernanda Pontes garante que faz qualquer negócio por essa doce tentação. “Se o cara for muito bom – e o chocolate também – eu opto pelo chocolate e dispenso o cara numa boa. Agora, se o cara for mais ou menos, eu me satisfaço com qualquer barra de chocolate com frutas e passas mesmo“, assume. E não é só. Quando diz que roubaria por um chocolatinho ou até que roubaria um chocolatinho, Fernanda não está exagerando. “Cansei de entrar nessas lojas de departamento só para comer um bombom ou me ‘abastecer’ com uma barrinha. Sinceramente, se eu estiver com muita vontade e realmente sem dinheiro, apelo pra isso e nem ligo”, se entrega.



A empresária Ana Aguiar é cheia de teorias sobre sexo e chocolate:  “Chocolate é a melhor coisa do mundo. É claro que um homem bonito é sempre um ótimo acompanhamento para um bom chocolate, mas não é garantia de prazer. Uma vez, uma amiga me disse que depois de transar com um cara, ela chegou em casa e precisou se entupir de chocolate. Isso porque o cara era tão ruim que só o chocolate poderia salvar a noite! O inverso já não aconteceria, porque depois de um bom chocolate o cara até perde a utilidade. Afinal, quem disse que é preciso primeiro comer uma coisa ruim, para depois comer a boa?”, questiona. 



“Chocolate é satisfação garantida, sexo não!“, concorda a designer de interiores Gabriela Brito. “Ás vezes, a embalagem do cara é ótima e o produto nem tanto. É uma espécie de propaganda enganosa. Já o chocolate não: se você escolher a marca certa, não tem erro. Eu, por exemplo, trocaria um homem mais ou menos por um bom chocolate Godiva sem pestanejar”.
A ligação com o sexo não é gratuita. Assim como o prazer sexual libera endorfina no cérebro proporcionando uma incrível sensação de satisfação, devorar um chocolate pode trazer efeitos semelhantes. “O triptofano, presente na sua composição, estimula a produção de serotonina, que é o neurotransmissor responsável pela sensação de prazer, bem-estar e felicidade”, explica a nutricionista Ana Cristina Rosa. 



É exatamente por isso que no período pré-menstrual muitas mulheres são tomadas por uma incontrolável vontade de comer chocolate. “Nesse período ocorrem várias alterações hormonais no organismo feminino que ocasionam uma queda na produção de serotonina, o que deixa a mulher abatida, triste e até um pouco deprimida”, afirma a nutricionista. Aí, só o chocolate salva! Pois depois de saborear esse alimento dos deuses você se sente relaxada, feliz e até apaixonada. Isso mesmo. 




Essa gostosura aumenta também a produção de feniletilamina, substância liberada no cérebro quando nos apaixonamos. E como se não bastasse, o chocolate ainda pode servir como excelente fonte de energia por conter substâncias estimulantes que aumentam a concentração e o pique. “Na quantidade certa, o chocolate é ótimo para quem vai fazer uma prova de vestibular, por exemplo”, acrescenta Ana. 




Mas não é por isso que você vai abusar. Uma barra de 200 gramas de chocolate ao leite tem 1.080 calorias e um ovo de páscoa nº 20 – do tipo mais simples – chega a mais de 2.000! 
Queimar isso tudo não é nada fácil. “Um sexo bem feito, daqueles que duram horas e com direito a todas as preliminares possíveis, pode queimar até 700 calorias. Tudo vai depender da intensidade da relação”, afirma o sexólogo Arnaldo Risman, do Instituto de Sexologia do Rio de Janeiro. 




O jeito é consumir de forma controlada para não transformar esse poderoso aliado em vilão. “Por ser antidepressivo, o chocolate pode ser a solução para um determinado momento, mas seu consumo excessivo, a curto ou médio prazo, tem como conseqüência as tão temidas gordurinhas”, alerta Ana Rosa. Difícil é convencer os verdadeiros chocólatras disso. Depois de ter encarado uma hepatite tipo “A” e sofrer com freqüentes enxaquecas, a contadora Regina Célia Vieira elaborou um esquema para fugir do controle de sua própria filha. 





“Chocolate é tão bom que só de falar a boca enche d’água. Não me importa se engorda, se faz mal ao fígado, se dá enxaqueca… e olha que dá muita enxaqueca. Para resolver o problema, eu como chocolate e tomo logo comprimido para dor de cabeça e chá para o fígado. Como todos lá em casa sabem o mal que o chocolate me faz, principalmente após ter tido hepatite tipo “A” – que deixa o fígado mais sensível -, o jeito é comer no trabalho ou esconder em casa pra comer depois que todos dormem. Só o meu cachorro é meu cúmplice e come comigo… Às vezes eu começo a rir sozinha quando como ‘escondida’ e penso na cara da minha mãe e da minha filha se souberem que até na gaveta de roupas eu guardo meus chocolates”, diverte-se.





O apresentador de TV Mauro Jasmim chegou ao extremo de devorar mais da metade da mousse de chocolate que seria servida para 60 pessoas numa viagem de navio. “Nós estávamos no Egito e todas as refeições eram feitas no restaurante do navio, que ficou uns dois ou três dias sem servir nada de chocolate. Quando colocaram a mousse na minha frente, eu não consegui me conter”, admite. Assumidamente compulsivo, Mauro afirma que já faz parte de sua rotina ir até alguma loja de conveniência – antes de dormir ou depois de acordar no meio da noite – só para comprar o dito cujo.“Eu dificilmente tenho chocolate em casa… simplesmente porque não dura. Eu como todos os dias”, diz. Quanto a trocar sexo por chocolate, ele é sucinto: “Eu prefiro sexo com chocolate. Até porque não dá pra comparar. Um você come e do outro você se alimenta!”




Se ainda resta a dúvida entre optar por sexo ou chocolate, aí vai uma sugestão DELICIOSA!!!!!Chocolate seguido de sexo!!!!Você se alimenta com a delícia, baixa sua ansiedade com as transformações químicas que o chocolate proporciona, se enche de energia e queima todas – ou quase – as calorias adquiridas numa deliciosa, prazerosa e tórrida noite de sexo! 

E você ... prefere SEXO ou CHOCOLATE ????Eu vou tentar ajudar a você escolher ....... 




- O chocolate satisfaz, mesmo quando amolece.
- Você pode comer chocolate no carro sem ser molestado pela polícia.
- Você pode comer chocolate na frente de toda a família. 
-Se você morder com força que o chocolate não grita e não reclama.
 - Duas pessoas do mesmo sexo podem comer chocolate juntas, sem serem discriminadas.
- Chocolate não reclama que você o comeu muito rápido.
- Você pode pedir chocolate a alguém sem levar um tapa na cara.
- Chocolate não deixa pêlos na boca.
- Você não precisa mentir para o chocolate.
- O chocolate não liga se você é virgem ou não.
- Você pode comer chocolate quando está menstruada, ou menstruado… sei lá!
- Você pode comer chocolate em qualquer dia da semana.
- Um bom chocolate é sempre fácil de se encontrar.
- Você nunca é muito jovem, ou muito velho, para comer chocolate.
- Quando você come chocolate os vizinhos não ouvem.
- O tamanho do chocolate não importa. O que importa é o prazer que ele proporciona.
- O chocolate tem um odor agradável.
- Não dói comer chocolate pela primeira vez.
- A mulher pode comer chocolate à vontade que nunca vai engravidar.
- Chocolate não transmite DSTs.
- Você não precisa usar camisinha pra comer chocolate.
- Se o seu filho te ver comendo chocolate, não vai ficar fazendo perguntas constrangedoras. 
-Um casamento nunca termina por falta de chocolate. 
- Não é preciso esperar quase uma hora para comer outro chocolate. 
- Depois de comer o chocolate, não precisa ficar abraçado com a embalagem.




Fonte: Terra;UOL; Bolsademulher; Lia Nagel



E aí, já conseguiu escolher?????

Nenhum comentário:

Postar um comentário