Conexão Lia Nagel

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Exercitando o cérebro

Quando ouvimos a palavra "exercício" é comum pensarmos em atividades físicas, como a caminhada, natação e musculação. Isso porque muitas pessoas se preocupam com a melhoria do corpo por meio dessas atividades.

Só que uma parte importantíssima acaba às vezes esquecida: o cérebro.




Mas será que ele também pode melhorar quando é exercitado?

"Sim, mas não existe um único exercício que baste para melhorar tudo. Dois princípios básicos de funcionamento do cérebro são que partes diferentes têm funções diferentes, e cada uma delas tem seu funcionamento aperfeiçoado conforme o uso", responde a neurocientista Suzana Herculano-Houzel.



Ela explica que o cérebro tem capacidade de expansão, o que permite o aperfeiçoamento da mente. "O cérebro tem uma capacidade incrível de aprender, de se aperfeiçoar, conforme é usado - ao contrário de umcomputador
, que só faz piorar. Até a memória melhora com a prática: quanto mais se usa a memória, melhor ela fica. O mesmo vale para a atenção, a linguagem, a capacidade de raciocínio lógico, de planejamento, de visualização espacial", diz.



E o que faz o cérebro melhorar? A prática, claro. De acordo com a neurocientista, "quanto mais se usa o cérebro, melhor ele fica". Ou seja, se uma pessoa exercitar o raciocínio, terá mais facilidade para resolver situações práticas após algum tempo.



São muitos os benefícios dessas atividades cerebrais. "Além de melhores capacidades mentais (de raciocínio, memória, atenção, linguagem - enfim, o que for exercitado), a atividade mental rica é um dos maiores fatores de proteção contra o declínio cognitivo com o envelhecimento normal. E também contra o declínio pronunciado nas doenças degenerativas do cérebro. Sem falar que, quem mantém sua mente exercitada ganha em autoconfiança,
auto-estima, e em qualidade de vida, ao se sentir melhor e mais capaz", afirma Suzana.

Ai vão algumas sugestões para você exercitar sua mente:


- Trava-línguas
- Exercícios visuais (como aquele em que as letras aparecem embaralhadas)
- Problemas de matemática, para desenvolver o raciocínio lógico
- Jogos da memória
- Exercícios de repetição com música (para a memória)
- Leitura (amplia a quantidade de informações armazenadas)



Em breve será lançado na internet um programa de exercícios chamado Cérebro Melhor (
www.cerebromelhor.com), que propõe a combinação de diferentes exercícios mentais. Por enquanto, você pode exercitar a memória, raciocínio lógico, aprendizado... Enfim, todas as partes de seu cérebro e observar as melhorias. Afinal, a mente também merece cuidados, tanto quanto o corpo, para que a vida fique mais saudável.



Quem quiser conhecer melhor o trabalho de Suzana e ler mais sobre o cérebro, pode acessar
www.suzanaherculanohouzel.com


Fonte: Priscilla Nery

Alimentos que podem manter você um "eterno jovem"!!!

Sabia que o chocolate preto é um deles?
Descubra os outros!

De acordo com os dados mais recentes da Organização Mundial de Saúde (OMS), 5,3 milhões de mortes poderiam ser evitadas anualmente através da alimentação, e nada mais.
O segredo da eterna juventude encontra-se na nossa despensa.
Basta modificarmos os nossos hábitos para vivermos mais anos e em melhores condições de saúde e bem estar.
Tome nota.
Neste artigo vamos falar de 15 alimentos que, apesar de não evitarem a morte, prolongam a vida!
Na verdade, e segundo os especialistas da área de nutrição, é possível prevenir uma série de problemas com base numa alimentação correcta e equilibrada, entre eles, o cancro, problemas de ossos, de visão...

Vegetais, fruta, peixe e até chocolate!
São alguns dos alimentos que, para além de a manterem saudável, lhe dão anos de vida.
Saiba, um a um, quais os alimentos que a mantêm jovem por dentro e por fora!

1. Kiwi

Originário da China, contém ácido propeolítico, que melhora a circulação e ajuda a combater o chamado mau colesterol (LDL).
Possui uma enzima chamada actidina, que ajuda a digerir as proteínas.
O seu conteúdo elevado de vitamina C ajuda a prevenir constipações.
A vitamina C é um antioxidante que elimina os radicais livres e desempenha um papel fundamental no combate ao envellhecimento.
Contém uma quantidade considerável de fibra, potássio, ferro, fósforo, cálcio, magnésio e crómio, que têm um papel muito importante na prevenção de doenças cardíacas.

2. Abacate

Tem 10 vitaminas, entre elas, a vitamina E e o ácido fólico (B9), e glutatião, um derivado proteico com acção antioxidante (combate a degeneração celular).
Contém 10 ácidos gordos, dos quais cinco são mono e poli-insaturados, com destaque para o ómega-9, ómega-7, ómega-6 e ómega-3, sendo este último protector contra o cancro.
Também contém sitosterol, que previne a acumulação de colesterol.
Possui, para além disso, aminoácidos essenciais (arginina, fenilalanina, lisina...), fundamentais ao normal funcionamento do organismo.

3. Tomate

Para além de estar bem provido de vitaminas, minerais e flavonóides, contém licopeno, um dos antioxidantes mais poderosos, que lhe dá a cor vermelha e tem 'um papel antioxidante activo na degenerescência celular que conduz ao envelhecimento', explica o nutricionista Tiago Osório de Barros.
Fortalece as paredes celulares, depura o organismo de substâncias tóxicas e aumenta as defesas.
Previne o aparecimento de doenças do coração e dos seus vasos sanguíneos, é benéfico para a visão e melhora a saúde do sistema nervoso.

4. Presunto

O presunto protege o coração e reduz o colesterol, desde que não seja excessivamente gordo nem demasiado salgado.
Os seus ácidos gordos monoinsaturados e o ácido oleico previnem as doenças cardiovasculares.
Tem cerca de 40% de proteínas, pelo que pode substituir a carne nas refeições, sendo importante na formação da massa muscular.
Tem vitamina E, um potente antioxidante.
Também é rico em cobre (essencial para os ossos e cartilagens), ferro e fósforo.

5. Brócolos

O zinco que contêm favorece a função da próstata e a qualidade do esperma.
Muito ricos em luteína, reduzem ligeiramente os efeitos da degenerescência macular da idade (DMI).
São ideiais para grávidas, convalescentes, pessoas anémicas, etc... por causa do elevado aporte de ácido fólico e ferro.
Actuam como fitoestrogénios na menopausa (tal como a soja).

6. Espinafres

Têm provitamina A e vitaminas C e E, todas elas antioxidantes.
São uma fonte inesgotável de vitaminas do grupo B, como folatos, B2, B6, B3 e B1, que possuem uma acção anti-envelhecimento pelo seu papel como co-factores enzimáticos.
Relativamente ao seu conteúdo mineral, os espinafres são ricos em ferro, magnésio, potássio, sódio, fósforo e iodo. Para além das vitaminas, são ricos noutras substâncias antioxidantes como o glutatião, os ácidos ferúlico, o cafeico e o beta-cumárico e carotenóides.

7. Soja

Contém vitaminas A e E, e três do grupo B (B1, B2 e B5).
A vitamina ajuda a conservar os epitélios celulares, que revestem as superfícies do corpo e dos órgãos.
A vitamina E tem um efeito antioxidante, combatendo os radicais livres.
Possui mais minerais do que qualquer outra leguminosa, sobretudo potássio e fósforo.
A relação cálcio-fósforo é essencial para uma boa estrutura óssea.
O potássio tem uma importante acção a nível muscular.
Ajuda a prevenir alguns tipos de cancro, sobretudo na mulher após a menopausa.
Alivia os sintomas da menopausa.

8. Frutos secos

Contêm proteínas (entre 14% e 19%), vitaminas do grupo B, aminoácidos, minerais, ácidos gordos poliinsaturados (nozes), ácidos gordos monoinsaturados e fibra.
Segundo Tiago Osório de Barros, 'as proteínas são imprescindíveis na preservação e formação das estruturas musculares'.
As amêndoas, as nozes e as avelãs são as que têm melhores propriedades antioxidantes por causa da sua maior concentração em vitaminas.

9. Chocolate preto

Tem uma grande actividade antioxidante graças aos seus flavonóides, combatendo os sinais do envelhecimento.
Beneficia a dilatação das artérias e o aumento do seu diâmetro.
Para além disso, diminui a rigidez aórtica em cerca de 7%.
Actua como um antiplaquetário eficaz, prevenindo a formação de trombos.
Estimula as funções cerebrais graças à fenetilamina, um alcalóide que actua como neurotransmissor cerebral.

10. Alho

Tem propriedades anti-sépticas, antifúngicas e antimicrobianas, melhorando a resposta a vírus e bactérias e fungos.
Tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, contribuindo para reduzir o envelhecimento e a degeneração celular, que está na origem de alguns tipos de cancro.
Ajuda a reduzir os níveis elevados de pressão arterial.
Reduz o chamado mau colesterol (LDL), aumenta o colesterol bom e previne problemas de disfunção eréctil no homem.

11. Azeite virgem (e azeitonas)

Tem um alto teor de ácido oleico, uma gordura monoinsaturada rica em vitaminas A, D, K e, especialmente, em E, que actuam como antioxidantes.
Reduz o risco de doenças cardiovasculares e controla a tensão arterial.
Favorece a absorção de cálcio, fósforo, magnésio e zinco, tendo por isso um papel importante ao nível da formação e manutenção de ossos fortes e saudáveis.

12. Peixe

Prolonga a vida das nossas artérias graças aos seus ácidos poli-insaturados (sobretudo o ómega-3), muito benéficos para o sistema cardiovascular.
É rico em minerais e vitaminas, tendo, portanto, uma boa acção antioxidante.
Tem único senão. As espécies provenientes de águas poluídas (sobretudo as que andam menos á superfície) contém mercúrio, um metal pesado que se for ingerido de forma crónica é prejudicial para o organismo.
O mais recomendável é ingerir peixe entre quatro a cinco vezes por semana e variar o mais possível as espécies: cavala, sardinhas, salmão, atum, truta, anchovas, arenque...

13. Chá verde

Esta bebida é apreciada há mais de 5.000 anos nas culturas orientais.
É rica em polifenóis, bioflavonóides e vitaminas A, C e E, o que a torna num elixir antioxidante e anticancerígeno.
Reforça o sistema imunitário, protegendo o organismo de bactérias e vírus prejudiciais.
Ajuda a reduzir a gordura corporal e previne as doenças cardíacas.
Regula o nível de colesterol.

14. Mel

Os seus minerais são assimilados directamente e contribuem para a manutenção do esqueleto (cálcio) e para a regeneração do sangue (ferro).
Tem um alto poder nutritivo, pelo que é um substituto ideal do açúcar industrial ou refinado.
As suas enzimas facilitam a boa assimilação de outros alimentos.
É um bom remédio contra a fadiga, pelo fornecimento de hidratos de carbono de absorção rápida e pela fácil reposição das reservas gastas.

15. Cebola

É uma boa fonte de fibra, vitaminas e minerais, essenciais para o bom funcionamento do organismo.
É rica em compostos enxofrados, que fazem parte do seu óleo essencial e que actuam sobre as vias respiratórias, melhorando a expectoração.
Para além das vitaminas C e E, contém flavonóides, entre os quais se destacam as antocianinas e a quercetina, todos eles compostos antioxidantes.



Fonte: Madalena Alçada Baptista e Dr.
Tiago Osório de Barros (nutricionista no Espaço Qualidade e Saúde, em Lisboa)

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Dicas: Metabolismo

Chama-se metabolismo ao consumo de energia e calorias do nosso corpo. Regra geral as pessoas que tem um metabolismo mais acelerado têm mais predisposição para perder peso e serem magras, enquanto as pessoas cujo metabolismo é lento têm mais facilidade em engordar e mais dificuldade em emagrecer.


No entanto, nem sempre podemos culpar o metabolismo o peso, a massa muscular, a idade, as hormonas e o sexo são factores que condicionam o nosso metabolismo. Existem um conjunto de comportamentos que contribuem para a aceleração do seu metabolismo e consequentemente ajudam-na a perder aqueles quilinhos a mais:

  • Comece o seu dia com um bom pequeno-almoço, para que o metabolismo comece a acelerar e a queimar calorias logo pela manhã, assim evita ter muita fome ao longo do dia.
  • Beba muita água. Um corpo hidratado ajuda a eliminar as calorias.
  • Coma pouco mas várias vezes ao dia . Estar muitas horas sem comer desacelera o metabolismo e faz com que o organismo armazene gorduras.

acelarar-o-metabolismo

  • Não ficar muito tempo sem comer

Quanto maior o tempo, mais lento torna-se o metabolismo. Isto quer dizer que o corpo passa a gastar energia (calorias) de forma mais lenta, por isso, o ideal é comer de 2 em 2 horas. Prefira pequenas refeições, coma frutas, iogurtes magos, frutos secos.

  • Faça exercício físico

Caminhadas ao ar livre, andar de bicicleta, nadar, ajudam a acelerar o metabolismo.

  • Água

Essencial para o seu

Alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo

  • chá verde
  • chá branco
  • chá vermelhos
  • derivados da Camellia sinensis
  • fibras
  • Evite os alimentos com muito açúcar, este é absorvido rapidamente e transforma-se em gorduras.
  • Pratique exercício físico e aumente a sua massa muscular.
  • Transforme a gordura em músculos.

Fonte: Google

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Comportamento Social e Etiqueta Profissional

É curioso como ultimamente as empresas tem se preocupado com a formação ética e social dos seus colaboradores. Isto denota que há algo de "podre" no reino das organizações brasileiras.


Tem surgido uma demanda muito significativa para formação e desenvolvimento da postura social e etiqueta profissional. Será que nossos funcionários desaprenderam sobre convívio social e boas maneiras no trato profissional? Parece que sim!


Com o crescente nível de exigências de conhecimento técnico para o preenchimento das ofertas de trabalho, algumas vezes os profissionais de RH e as próprias chefias esquecem-se do fundamental: o ser humano. Dominar determinada área técnica não é mais o único fator relevante para o sucesso profissional. Daniel Goleman, e muitos outros consultores que estudam o comportamento social nas organizações modernas, nos alertam sobre a importância de utilizarmos corretamente nossa inteligência emocional, ou seja, tirarmos o melhor proveito de nossa capacidade de relacionar-se com as pessoas. Saber como portar-se em uma reunião, em um almoço de negócios, em um coquetel, ou mesmo no dia-a-dia da empresa tornou-se fundamental para o futuro da carreira dos jovens e experientes profissionais.



A seguir relaciono três práticas de etiqueta profissional e comportamento social que muitas vezes esquecidas, ou não exercitadas por nós, podem causar situações embaraçosas ou até mesmo prejudicar o futuro profissional.




Cuide, em primeiro lugar, de si mesmo, da sua apresentação pessoal. Invista na sua imagem e na auto-imagem. Valorize-se! Existem pessoas que marcam sua existência pela elegância, outras pela total falta de bom senso na hora de vestir-se e portar-se.



Portanto, quando for trabalhar deixe em casa as roupas coloridas, transparentes e decotadas, as saias justas, as bijuterias grandes e pesadas, os saltos muito finos e altos, as gravatas de bichinhos, aquele terno pink, o sapato velho e desgastado.


Lembre-se do famoso ditado que diz: "a primeira impressão é a que fica". Reflita sobre a imagem que quer transmitir para as outras pessoas e o que tem feito para isto. Peça a seus amigos um feedback sincero sobre sua apresentação pessoal. Vale aqui uma ressalva de que apresentação pessoal não tem a ver com beleza, raça ou tipo físico.



Outro fator que está diretamente relacionado com sua imagem é a comunicação. De nada adianta estar muito bem vestido, andar corretamente, cumprimentar as pessoas adequadamente, se na hora de expor suas idéias, ou participar de uma reunião, só ouve-se erros de concordância verbal, gírias, piadinhas de mau gosto, interrupções constantes para contar vantagem, etc. Ouça mais as pessoas e exercite sua comunicação. Leia mais, participe de cursos, escreva com freqüência, pratique, pratique, pratique!




Evite fofocas. Conheça a história que foi transferido de projeto. Logo no primeiro dia, para fazer média com o chefe, saiu-se com esta:
- Chefe, o senhor nem imagina o que me contaram a respeito do Silva. Disseram que ele...

Nem chegou a terminar a frase, o chefe aparteou:
- Espere um pouco, Olavo. O que vai me contar já passou pelo crivo das três peneiras?
- Peneiras? Que peneiras, chefe?
- A primeira, Olavo, é a da VERDADE. Você tem certeza de que esse fato é absolutamente verdadeiro?
- Não. Não tenho não. Como posso saber? O que sei foi o que me contaram.
- Então sua história já vazou a primeira peneira. Vamos então para a segunda peneira que é a da BONDADE. O que você vai me contar, gostaria que os outros também dissessem a seu respeito?
- Claro que não! Nem pensar, Chefe.
- Então, sua historia vazou a segunda peneira. Vamos ver a terceira peneira que é a UTILIDADE. Você acha mesmo necessário me contar esse fato ou mesmo passá-lo adiante?
- Não chefe. Passando pelo crivo dessas peneiras, vi que não sobrou nada do que iria contar - fala Olavo, surpreendido.
- Pois é Olavo. Já pensou como as pessoas seriam mais felizes se todos usassem essas peneiras? - diz o chefe sorrindo e continua: - Da próxima vez em que surgir um boato por ai, submeta-o ao crivo dessas três peneiras: VERDADE, BONDADE, UTILIDADE, antes de obedecer ao impulso de passá-lo adiante.

Na vida representamos diversos papéis: de filho/a, de pai/mãe, de empregado/patrão, etc. Em cada um deles devemos ter o bom senso de nos adequarmos conforme as normas e regras existentes. Para este conjunto de normas e regras é dado o nome de sociedade. Uns dizem que as regras foram feitas para serem quebradas, mas que confuso seria se não as tivéssemos para nos orientar?



Fonte: Rogério Martins