Conexão Lia Nagel

domingo, 15 de abril de 2012

Trabalho e Ética


A palavra "Ética" vem do grego "ethos", significando modo de ser, caráter, conduta.

Do latim "mos" ou "mores" - no plural - deriva a palavra moral.

Os filósofos definem a ética como algo imprescindível para estudar o ser humano e sua convivência com os outros, constituindo uma sociedade saudável e equilibrada.

Com escândalos estampando as manchetes dos jornais e consequente impunidade dos envolvidos do alto escalão, todos se perguntam: esse modelo de ética e moral tem que ser revisto? Deixa de ser antiético forjar algum relatório na empresa para obter benefício próprio? Subornar um segurança para não registrar visitas à empresa fora de hora ou desvio de materiais da empresa ou uso da frota para fins não publicáveis?
Moral é um conjunto de normas que norteiam as ações do ser humano, como costumes, conduta, valores, e que podem mudar de acordo com a região devido às influências culturais e históricas. Moral e Ética não devem ser confundidas: Moral é normativa e Ética busca a justificativa de ações do indivíduo em diversas situações. Exemplo: colocar um bem da empresa dentro da meia é algo imoral: é roubo. O autor conhece as consequências, pois tem noção dos valores. Mas eticamente não se detém, pois seu "freio" moral está deturpado por novos valores que supõe, sejam os corretos, apesar de individualistas e obscenos.
A Lei não pode ser confundida com a Ética, embora tenha seus princípios baseados na Ética. Lembre-se que tudo começa na formação que os pais dão aos filhos e como a evolução destes valores segue ao longo da vida da criança na escola. Pais ausentes criarão indivíduos totalmente imprevisíveis e isso pode ser um risco à sociedade, já que cada um reage de maneira diferente a traumas e a carências. Esses são assuntos para Assistentes Sociais e demais profissionais da área.
O dono da empresa é responsável pelos atos que sua equipe realiza, enquanto trabalha. Produzir algo com qualidade inferior e vendê-lo como primeira linha possibilita que o consumidor acione a Justiça para o cumprimento da ética e de seus direitos. Preconceitos, abusos de poder, assédio moral e sexual estão na lista. Na vida social, iludir alguém com falsas promessas de amor eterno, casamento de cinema, na praia, durante o anoitecer e após a cerimônia esvaziar a conta corrente do parceiro não combina com ética e moral, podendo o autor do ato ser punido com a Lei.
As profissões têm o seu próprio Código de Ética que é um conjunto de normas de cumprimento obrigatório, derivadas da ética, frequentemente incorporados à Lei pública. Os princípios éticos passam a ter força de Lei. Mesmo nos casos em que esses códigos não estão incorporados à Legislação, seu estudo tem alta probabilidade de exercer influência. Podemos tomar como exemplo os julgamentos nos quais se discutem fatos relativos à conduta profissional. Ademais, o seu não cumprimento pode resultar em sanções executadas pela sociedade profissional, suspensão temporária ou definitiva do direito de exercer a profissão.
Nosso padrão de moral e ética pessoal permite escalar o sucesso sem ferir nossos princípios e valores; determina nossa credibilidade perante o mercado; coloca-nos em situação de destaque junto à organização que pertencemos e nos confere seriedade e respeito.
Ética, portanto, é item de fábrica que acompanha o profissional do futuro, que já obtém sucesso nos dias de hoje. É o perfil que as empresas, os países e mundo precisam para reparar os danos causados por graves acidentes éticos e morais.

Fonte: Ramon Barros

Ética
A ética é uma característica inerente a toda ação humana e, por esta razão, é um elemento vital na produção da realidade social. Todo homem possui um senso ético, uma espécie de "consciência moral", estando constantemente avaliando e julgando suas ações para saber se são boas ou más, certas ou erradas, justas ou injustas.
Existem sempre comportamentos humanos classificáveis sob a ótica do certo e errado, do bem e do mal. Embora relacionadas com o agir individual, essas classificações sempre têm relação com as matrizes culturais que prevalecem em determinadas sociedades e contextos históricos.
A ética está relacionada à opção, ao desejo de realizar a vida, mantendo com os outros relações justas e aceitáveis. Via de regra está fundamentada nas idéias de bem e virtude, enquanto valores perseguidos por todo ser humano e cujo alcance se traduz numa existência plena e feliz.
O estudo da ética talvez tenha se iniciado com filósofos gregos há 25 séculos atrás. Hoje em dia, seu campo de atuação ultrapassa os limites da filosofia e inúmeros outros pesquisadores do conhecimento dedicam-se ao seu estudo. Sociólogos, psicólogos, biólogos e muitos outros profissionais desenvolvem trabalhos no campo da ética.
Ao iniciar um trabalho que envolve a ética como objeto de estudo, consideramos importante, como ponto de partida, estudar o conceito de ética, estabelecendo seu campo de aplicação e fazendo uma pequena abordagem das doutrinas éticas que consideramos mais importantes para o nosso trabalho.

Fonte: Site Segurança e Saúde doTrabalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário