Conexão Lia Nagel

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Check-up masculino


PSA e toque de próstata
A próstata é uma glândula que se localiza abaixo da bexiga, sendo responsável pela produção de parte do sêmen (líquido que contém os espermatozóides). Quando o homem envelhece, essa glândula tende a ficar mais rígida e aumentar de volume. Com isso, por volta dos 50 anos, ele pode apresentar problemas urinários (o aumento de volume da próstata começa a pressionar a uretra) e risco de desenvolver um câncer devido ao funcionamento celular anormal. Esse processo deve ser monitorado, a partir dos 50 anos, com exames de toque retal e dosagem de PSA (Antígeno Prostático Específico) total e livre. O teste de PSA consiste na retirada de uma amostra de sangue, em laboratório, e na dosagem da quantidade dessa substância. Taxas elevadas podem indicar a presença de câncer da próstata. O resultado da dosagem do PSA deve sempre ser considerado levando-se em conta o resultado do exame de toque retal.
Devem fazer o exame de PSA anualmente:
. Homem com menos de 40 anos, se apresentar algum sintoma ou por recomendação médica.
. Homem a partir dos 40 anos, que tenha história de câncer de próstata na família.
. Homem a partir de 50 anos.

Lembre-se!

O câncer de próstata pode ser curado se for detectado no início. O exame de toque retal e o teste de PSA são as melhores maneiras de diagnosticar o câncer de próstata.
Testes para DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis)
DSTs são doenças transmitidas na relação sexual. Se você mantém ou manteve relações sexuais desprotegidas, deve fazer testes para detectar AIDS (vírus HIV) e outras doenças sexualmente transmissíveis, tais com clamídia, herpes genital, gonorréia, sífilis e hepatite B. São exames laboratoriais simples e muito úteis na prevenção, diagnóstico e tratamento dessas doenças.
Exames Cardíacos
Teste da pressão arterial
Este teste é rápido, fácil e serve para diagnosticar hipertensão. Sua pressão arterial deve ser verificada toda vez que for ao médico. Você não é hipertenso se sua pressão arterial estiver abaixo de 140/90.
Teste do Colesterol e Triglicérides
Taxas elevadas de colesterol e triglicérides são inimigas de seu coração e podem levar a um derrame cerebral ou a um ataque cardíaco.
Portanto, além de manter-se em forma, com exercícios físicos adequados e uma dieta baixa em gorduras e carboidratos refinados (álcool, doces, massas, pão branco), e rica em fibras (verduras e frutas frescas), deve monitorar seu coração fazendo os testes sangüíneos. Estes podem ser indicadores de algum problema nas artérias coronárias.
A partir dos 20 anos, recomenda-se o primeiro teste de colesterol e triglicérides. Depois, o teste deve ser repetido a cada 5 anos. Entre 40 e 60 anos procure fazê-lo com mais freqüência e redobre os cuidados com seu coração, pois os níveis de colesterol e triglicérides aumentam abruptamente nessa faixa etária.
Colesterol
. Níveis perigosos de LDL ("colesterol ruim"): acima de 160.
. Limite: 130-159.
. Meta para pessoas em alto risco abaixo de 95.
Triglicérides
. Níveis perigosos: acima de 200.
Níveis desejáveis: abaixo de 200.
Meta para pessoas em alto risco abaixo de 70.
Lembre-se!
As taxas elevadas de colesterol e triglicérides não apresentam sintomas. Portanto, sem o exame de sangue, você não saberá como está sua taxa de gordura.
Rastreamento de doença cardíaca
São testes complementares aos já citados anteriormente, realizados por solicitação do médico cardiologista.
. Eletrocardiograma - Mede a atividade elétrica do coração.
. Esteira ou teste de stress - Registra as batidas do coração durante o exercício.
. Rastreamento nuclear - Mostra possíveis áreas danificadas do coração.
. Angiocoronariografia - Examina as artérias coronárias.
Exame de diabetes
Se você tiver histórico de diabetes na família, colesterol ou pressão arterial altos e estiver acima do peso, procure um médico e solicite um exame de glicemia (taxa de açúcar no sangue). A diabetes é uma doença que pode surgir sem sintomas, mas é capaz de causar muitos danos por conta da má circulação sangüínea. Em sua fase crônica, pode provocar complicações como cegueira, alterações renais e neurológicas.
Um simples exame de sangue pode detectar se você é ou não diabético. Também um exame de urina, pois a quantidade excessiva de açúcar no sangue é eliminada pelo rim. Em condições normais, deve-se realizar esse exame dos 30 aos 50 anos, pelo menos a cada 3 anos.
Pesquisa de sangue nas fezes, retossigmoidoscopia e colonoscopia
A detecção precoce do câncer de cólon e reto é possível por meio de um exame simples e barato, a pesquisa de sangue oculto nas fezes. Existem várias doenças que podem provocar o aparecimento de sangue nas fezes.
É o médico quem deve interpretar esse sintoma.
A retossigmoidoscopia ou a colonoscopia também pode ser solicitada para detectar precocemente o câncer do intestino grosso.
O exame de sangue oculto nas fezes é indicado uma vez por ano a partir dos 40 anos se você tem casos de câncer de intestino na família, ou a partir dos 50 anos.

Fonte: Associação Paulista de Medicina

Nenhum comentário:

Postar um comentário