Conexão Lia Nagel

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Beauty of Switzerland: Just Wonderful!!!

domingo, 5 de agosto de 2018

Thomas Gold & Corey James - Orinoco

Simply incredible this sound!!




sábado, 4 de agosto de 2018

Maldives: Paradise!!!

"Aquilo a que chamamos felicidade consiste na harmonia e na serenidade, na consciência de uma finalidade, numa orientação positiva, convencida e decidida do espírito, ou seja na paz da alma". (Thomas Mann)

What we call happiness consists in harmony and serenity, in the consciousness of a purpose in a positive direction, convinced and determined spirit, or soul in peace. (Thomas Mann)

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Spaceman by Tim Mason


"Spaceman": Another great success of Tim Mason that was released in July / 2018, was released by the great Doorn label, is already one of the most played of EDM.
It couldn't be different!
Many sucess Tim Mason!!

Spaceman's Links:

https://open.spotify.com/album/7zod1sh3BKH5osM9urJyoh

http://classic.beatport.com/track/spaceman-extended-mix/10713125

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Sander van Doorn - Riff (SvD x David Tort Remix)


I absolutely love this electrifying sound!
Love too much!! 
You can not stand still without dancing !! 
Sander van Doorn is one of my favorites from EDM.
Listen it!!

Sander van Doorn's Links:

https://open.spotify.com/artist/22bukBZvUppuwQwmDz75Gz




Vai fazer um Cruzeiro: Veja essa boas dicas!


Dicas para o primeiro cruzeiro…
Os cruzeiros estão em alta no Brasil. Nos últimos anos, aumentou o número de turistas que optaram por fazer viagens marítimas. A cada 10 pessoas que pretendem viajar, aproximadamente 7 pelo menos já cogitaram a ideia de um cruzeiro.
Depois da escolha feita, navio determinado e data marcada para zarpar, está na hora de preparar as malas. E é quando surgem as primeiras dúvidas dos marinheiros de primeira viagem. “Preciso levar terno ou vestido longo? Vou poder usar as piscinas e salas de ginástica de graça? Posso pagar em real? Se eu enjoar terá médico a bordo?”


Perguntas como essas fazem parte da vida dos futuros passageiros dos navios, mas podem ser solucionadas rapidamente com uma lida nesse manual para marinheiros de primeira viagem.


Prepare as malas
Esta é a maior preocupação para um marinheiro de primeira viagem. Mas fique tranquilo: seguindo as dicas deste manual, você evitará qualquer tipo de gafe.
Para o dia-a-dia a bordo, aconselham-se trajes esportivos e informais e calçados confortáveis, de salto baixo. Durante o cruzeiro são realizadas noites de gala, como o jantar oferecido pelo comandante, nas quais é recomendado o uso de paletó e gravata para os homens e vestido longo para as mulheres. Há sempre uma festa tropical e os que gostam de participar desse tipo de evento devem levar roupa adequada para esta festa.
Descendo do navio nos portos ou participando das excursões organizadas, utilize os trajes que mais lhe agradarem. Tanto a bordo como em terra, é prudente ter à mão um pulôver ou moletom para se proteger da diferença de temperatura entre os ambientes internos (ar-condicionado) e externos. Lembre-se de que é expressamente proibido usar traje de banho no restaurante. Para trafegar nos corredores, solicita-se o uso de saída de praia ou camiseta e sandálias.


Importante: em observação às exigências sanitárias, é vedado o consumo a bordo de alimentos e bebidas (águas, refrigerantes, cervejas, bebidas alcoólicas) adquiridos fora do navio. Também é proibido levar a bordo mercadorias, animais vivos, armas brancas e de fogo, munições ou outras substâncias perigosas sem o consentimento escrito da Companhia. O pessoal responsável pela segurança do navio está autorizado a recolher esses volumes ou objetos e devolvê-los aos hóspedes no fim da viagem, no momento do desembarque.

Qual limite de bagagem eu posso levar?
Não há limite de bagagem por hóspede. As malas devem ter etiquetas fixadas com número de cabine e nome. Vale ressaltar que dinheiro em espécie, documentos, objetos de valores ou frágeis, eletrônicos e bebidas adquiridas a bordo não devem ser despachados nas malas, mas conduzidas como bagagem de mão. Sugere-se o limite máximo de 25 kg por bagagem ou o limite máximo estabelecido pelo fabricante.



Observação: para trechos aéreos, devem ser respeitados os limites de peso estabelecidos pelas companhias aéreas.
Posso levar jóias e objetos de valor?
Pode, mas estes devem ser guardados no cofre localizado na própria cabine. A Companhia não se responsabiliza por objetos e valores deixados em bagagens despachadas, nas cabines ou esquecidos em outras dependências do navio.
O que devo fazer se eu perder ou minha bagagem for avariada?
A perda e/ou avaria da bagagem deve ser comunicada pelo passageiro ao comando do navio ou aos agentes da Companhia no porto de chegada, logo no momento do desembarque, preenchendo o formulário de avarias para futura avaliação. Não é admitida qualquer reclamação posterior.



DOCUMENTAÇÃO
Viagens Nacionais
Passageiros com 12 anos ou mais
São aceitos os seguintes documentos originais: Carteira de Identidade emitida pela Polícia Civil (SSP), carteira de motorista válida e com foto, passaporte válido, carteira de trabalho, carteiras profissionais com foto como OAB, CRA, CRM, militares e RNE, no caso de estrangeiros. Certidões de nascimento não são aceitas para maiores de 12 anos.
Menores de 12 anos
Acompanhados de um adulto COM grau de parentesco.
Pode ser pai ou mãe, irmãos maiores de 21 anos, tios ou avós, sempre comprovando documentalmente o parentesco.
Acompanhados de um adulto SEM grau de parentesco.
Também poderá viajar acompanhado de pessoa maior, expressamente autorizada (autorização em cartório) pelo pai, mãe ou responsável legal.
Desacompanhados.
É necessária a autorização da Vara da Infância e da Juventude.
Muito importante: não são aceitas cópias de documentos para embarque, mesmo que autenticadas. Somente documentos originais.

Viagens Internacionais – PASSAGEIROS BRASILEIROS
- Viagens para Argentina, Chile, Colômbia, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Peru.
Passageiro maior de 18 anos
Passaporte válido ou carteira de identidade original emitida pela Polícia Civil (SSP). É importante destacar que a carteira de identidade deve estar em ótimo estado de conservação e com foto que identifique, com clareza, o portador.
Salientamos que carteiras funcionais como OAB, CREA, CRM, militares, de motorista, entre outras, não são válidas para viagens ao exterior e travessia de fronteiras.
Esclarecemos que a carteira de identidade não tem prazo de validade. A informação de que o documento é válido por 7 ou 10 anos é errada. No entanto, a foto deve identificar nitidamente o portador do documento, sendo recente ou não.



Passageiro menor de 18 anos
Passaporte válido ou carteira de identidade original emitida pela Polícia Civil (SSP). É importante destacar que a carteira de identidade deve estar em ótimo estado de conservação e com foto que identifique, com clareza, o portador.
Certidão de nascimento não é válida para viagens ao exterior e travessia de fronteiras.
Menores de 18 anos devem viajar acompanhados do pai e da mãe que constam na carteira de identidade do menor. Na hipótese do menor de 18 anos viajar sem a companhia de um dos pais ou sem a companhia de ambos, é necessária a autorização do pai e da mãe ausente.
A autorização deve ser em duas vias e com firma reconhecida POR AUTENTICIDADE contendo data de validade. Também é necessário colar nas duas vias da autorização uma foto 3/4 ou 5/7 e anexar cópia do RG do menor, ou do termo de guarda ou de tutela.
Esclarecemos que a carteira de identidade não tem prazo de validade. A informação de que o documento é válido por 7 ou 10 anos é errada. No entanto, a foto deve identificar nitidamente o portador do documento, sendo recente ou não.




Novo passaporte (azul)
O novo passaporte brasileiro, de cor azul, não registra a filiação do viajante, porém as Delegacias da Polícia Federal, localizadas nos aeroportos com vôos internacionais, possuem acesso a um sistema de identificação que informa os dados do portador do passaporte.
- Viagens para todos os países, exceto Argentina, Chile, Colômbia, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Peru
Passaporte válido. Também é indispensável contatar o consulado do país a ser visitado para saber se é exigido visto de entrada para brasileiros. Como exemplo, informamos alguns países que exigem visto consular para brasileiros: Emirados Árabes (Dubai), Estados Unidos, México, Canadá, Cuba, Rússia, China, Índia, etc.



Viagens para a Europa – Tratado de Schengen
Aos passageiros que viajam à Europa, atenção para o Tratado de Schengen, um acordo entre países europeus para a livre circulação de pessoas, que exige o cumprimento de algumas formalidades.
O Tratado de Schengen, instituído em 1985, surgiu como um acordo entre países europeus sobre uma política de livre circulação de pessoas no espaço geográfico da Europa, que propõe um controle durante a entrada e saída dos turistas nos países que fazem parte do tratado: França, Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Finlândia, Grécia, Itália, Islândia, Luxemburgo, Noruega, Países Baixos, Portugal e Suécia. Segundo a Comissão Europeia do Turismo (CET), os cidadãos brasileiros não necessitam de visto para entrar em qualquer um dos países europeus integrantes do espaço Schengen quando estiverem a turismo e por no máximo 90 dias.
No entanto, a isenção de visto não exime o turista brasileiro do cumprimento de algumas formalidades de entrada no espaço que são:
- passaporte válido (recomenda-se que a validade seja superior a 6 meses);
- bilhete de viagem aérea (ida e volta) com permanência máxima de 90 dias;
- assistência de no mínimo 30 mil euros;
- comprovante de alojamento;
- comprovante de meios financeiros para manter-se durante a estada.
O estrangeiro que não cumprir aos requisitos pode ser recusada ou dificultada a entrada no Espaço Schengen, ficando a critério das autoridades fronteiriças de cada país a exigência do cumprimento destas formalidades.


Obs.: para passageiros com embarque para a África, Oriente Médio, Emirados Árabes e Ásia com conexão em países da Europa também será obrigatória a aquisição de uma assistência de viagem com as mesmas coberturas. Sendo assim, é necessário que os passageiros que embarcarem para a Europa adquiram uma assistência de no mínimo 30 mil euros.
Outros países da Europa estão tramitando para a adesão do Tratado de Schengen, por isso recomendamos que o passageiro cumpra todas essas exigências nas viagens à Europa.

Passageiro menor de 18 anos
Passaporte válido. Também é indispensável contatar o consulado do país a ser visitado para saber se é exigido visto de entrada para brasileiros. Como exemplo, informamos alguns países que exigem visto consular para brasileiros: Emirados Árabes (Dubai), Estados Unidos, México, Canadá, Cuba, Rússia, Índia, China etc.

Menores de 18 anos devem viajar acompanhados do pai e da mãe que constam na carteira de identidade do menor. Na hipótese do menor de 18 anos viajar sem a companhia de um dos pais ou sem a companhia de ambos, é necessária a autorização do pai e da mãe ausente.
A autorização deve ser em duas vias com firma reconhecida POR AUTENTICIDADE contendo data de validade. Também é necessário colar nas duas vias da autorização uma foto 3/4 ou 5/7 e anexar cópia do RG do menor, ou do termo de guarda ou de tutela.




Viagens Internacionais – PASSAGEIROS ESTRANGEIROS
É necessário o passaporte válido e eventuais vistos consulares de acordo com a nacionalidade. Nestes casos é indispensável o passageiro contatar o consulado do país a ser visitado para saber se é necessário visto consular. No caso de estrangeiros residentes no Brasil, é necessário a apresentação no embarque do RNE e passaporte válido.


EMBARQUE
O horário de embarque estará indicado em seu bilhete de passagem, bem como a estação marítima onde você deverá se apresentar. Em geral, o procedimento de embarque tem início 4 horas antes da saída do navio e término 2 horas antes da partida.
O preenchimento do voucher, que nada mais é do que o formulário de embarque entregue pela CVC, é obrigatório, assim como a identificação das malas com as etiquetas recebidas, informando o número de cabine e nome do hóspede.

Posso levar acompanhantes no dia do embarque?
Por questões operacionais e de segurança, o acesso ao navio é limitado ao pessoal em serviço e aos hóspedes a embarcar e em trânsito. A recomendação é para se despedir dos parentes e amigos em casa e seguir despreocupado para o porto.

Pode haver atraso, omissão ou variação de portos e horários?
Os horários de chegada e saída dos portos são estimados e dependerão sempre das liberações pelas autoridades locais e das condições de navegabilidade de cada trecho a ser percorrido durante o cruzeiro. A armadora é a soberana autoridade do navio, competindo-lhe a decisão acerca das condições de navegabilidade do cruzeiro de acordo com as disposições climáticas, meteorológicas e técnicas que se apresentarem.
A armadora por motivos de força maior, caso fortuito ou motivos técnicos, poderá alterar os horários e o porto de embarque, portos de escalas e ou porto de desembarque desde que o passageiro seja expressamente avisado antes do embarque, quando poderá optar pelo reembolso integral dos valores pagos ou pela manutenção da viagem no roteiro alterado.
Se as alterações indicadas acima ocorrerem durante o transcorrer do próprio cruzeiro, caberá ao passageiro o reembolso proporcional, se o período da viagem for encurtado.

Observação: em Fernando de Noronha, Punta Del Este, Búzios, Cabo Frio e Ilha Privativa não há porto de atracação e o navio fica fundeado a certa distância e o transporte será realizado por Tenders do próprio navio ou transportes marítimos locais. Estes farão os traslados Navio / Terra / Navio e estarão sujeitos às condições marítimas e climáticas favoráveis, podendo ser suspensos e até cancelados caso representem risco à integridade física dos passageiros. Em quaisquer desses casos, a decisão sempre caberá ao comandante do navio e o mesmo conduzirá o navio ao continente para o porto de atracação mais próximo, dando continuidade à viagem.


PAGAMENTO A BORDO
Durante o procedimento de entrada no navio, ainda no porto, o passageiro receberá um cartão magnético que será utilizado para débito de seus gastos. Já a bordo, o passageiro deverá definir na recepção do navio a forma de pagamento de suas despesas extras, podendo ser em dinheiro (dólar americano) ou por cartões de crédito internacional. Não serão aceitos reais, cartões Diners, cheques pessoais ou de empresas, cartões de débito automático e traveller checks.
Como pago as taxas portuárias e os serviços?
Os valores estão indicados na tabela de tarifas e deverão ser pagos juntamente com o valor da cabine.
O que está e o que não está incluído?
Além da cabine, estão incluídas todas as refeições diárias, entretenimento a bordo, participação em todas as atividades de animação, jogos, concursos, espetáculos musicais e artísticos, bailes e festas programadas para todas as noites e utilização de todos os equipamentos disponíveis no navio: piscina, espreguiçadeiras, sala de ginástica e musculação, jacuzzi, biblioteca, danceteria, coquetel do comandante e cofre na cabine.
Observações: não é permitida a presença de menores de 18 anos nas dependências do cassino. Nos navios com indicação de tudo incluído, as bebidas alcoólicas e não alcoólicas indicadas na carta de bebidas estão incluídas com consumo ilimitado.
Já o que não está incluído são as excursões em terra, bebidas consumidas (exceto nos navios com tudo incluso), boutique, lojas, cassino, lavanderia, serviço de revelação e fotografias feitas pelo fotógrafo de bordo, cabeleireiro, massagem, telecomunicações, spa center, consultas médicas, medicamentos e qualquer outra despesa de caráter pessoal.


REFEIÇÕES
Ao longo do dia, são servidas 5 refeições. São elas:
- Café da manhã (restaurante principal ou buffet, com turno livre).
- Almoço (restaurante principal ou buffet, com turno livre).
- Chá da tarde.
- Jantar (em 2 turnos: 1º turno, às 20h00; 2º turno, às 22h).
- Ceia servida à meia-noite no restaurante ou, às vezes, na piscina.
Observação: nos cruzeiros com mais de 7 noites, a ceia será servida durante 2 noites e nas demais serão servidos lanches e snacks nos principais bares do navio. Nos cruzeiros menores, será servida a ceia somente 1 noite.
Como funciona a reserva de mesa no restaurante?
É necessário indicar sua preferência de turno de refeição no momento da reserva da sua cabine. Sua mesa será a mesma em todo o cruzeiro, podendo estar acompanhado de outros passageiros. As refeições são servidas em dois turnos, obedecendo aos seguintes horários: 1º turno: almoço livre e jantar às 20h00; 2º turno: almoço livre e jantar às 22h00.


CABINE EXTERNA X INTERNA
Todos os hóspedes recebem o mesmo tratamento, sem distinções. Portanto, escolha à vontade a tarifa que se enquadra melhor ao seu programa de férias: nossas cabines têm o mesmo padrão de conforto, são decoradas com a mesma elegância e possuem dimensões equivalentes, independentemente da categoria a que pertence. As diferenças de preço são geralmente explicadas pela localização (cabines externas com vista para o mar ou cabines internas sem janela) e pela altura do deck a que pertence. Apenas as suítes têm dimensões efetivamente maiores que as demais cabines, ou mesmo varanda para o mar.




ATIVIDADES A BORDO
Programadas diariamente, são muitas as atividades. O hóspede encontrará instrutores para ginástica e sessões de aeróbica, além de jogos e brincadeiras de piscina, diversos campeonatos, aulas de dança, etc. Uma equipe de recreação infantil mantém as crianças acima de 3 anos ocupadas durante o dia. Ao entardecer, nos bares internos há o aperitivo musical. À noite: shows, cassino, música dançante nos salões, jogos de sociedade e discoteca.
Meus filhos receberão atenção e terão uma programação especial?
Um cruzeiro marítimo é a melhor opção de férias para toda a família. A criançada adora aproveitar tudo o que o navio oferece. Uma equipe especializada de monitores vai organizar atividades para crianças (a partir de 3 anos de idade; não há serviço de babá) em horários preestabelecidos.
Como fico sabendo das atividades do dia?
Recomenda-se ler diariamente o jornal de bordo, onde constam todos os horários para melhor aproveitamento de todas as atividades de bordo.




TENHO ALGUMA NECESSIDADE ESPECIAL
Posso realizar um cruzeiro?
Em atenção à exigência feita pela armadora, os passageiros que precisarem de assistência, tais como portadores de necessidades especiais em razão de deficiência física (permanente ou temporária) ou mental, menores de idade, bem como gestantes, deverão estar acompanhados por pessoa adulta e que se responsabilize por essa assistência. A armadora deverá ser avisada no ato da reserva a respeito de qualquer um desses casos, tendo o direito de recusar o hóspede cujas condições possam afetar a saúde e o bem-estar dos demais.
Existe assistência médica a bordo?
O serviço médico de bordo será prestado por pessoal médico independente. Os valores da consulta e da medicação administrada estão a cargo do passageiro. Sugere-se a contratação de seguro de saúde pelo prazo específico de duração ado cruzeiro para que possa pedir reembolso das despesas pagas do seguro contratado.
Como posso comemorar aniversário?
Aniversários de nascimento e casamento podem ser comemorados com bolos e o tradicional “Parabéns” durante os jantares. Para isso, é importante informar o fato à agência de viagens no momento da reserva ou mesmo no dia do embarque, junto ao chefe do restaurante.
Quem serão meus companheiros de viagem?
A bordo, você encontrará hóspedes das mais variadas faixas etárias (casais, grupos, familiares e de amigos, crianças e adolescentes). O ambiente a bordo é de camaradagem e é fácil integrar-se com a tripulação do navio e com os outros hóspedes: basta participar das atividades de animação. Se, no entanto, você preferir desfrutar de situações mais reservadas, sua privacidade será respeitada.
Poderei me comunicar com minha casa durante o cruzeiro?
Sem dúvida. Cada vez que você quiser se comunicar com parentes ou mesmo com seu escritório, basta utilizar o sistema de comunicações do navio. É possível telefonar e receber chamadas via satélite em sua própria cabine, além da sala de internet a bordo.
Durante as escalas, posso realizar excursões?
Claro! Existem excursões terrestres opcionais. Podem ser adquiridas diretamente a bordo do navio, já no momento do embarque. São organizadas pela CVC, sendo recomendadas pela qualidade superior de serviços e boas condições de segurança. Nas cidades ou ilhas onde não existe atração, o desembarque dependerá das condições climáticas locais.
Existe fotógrafo a bordo?
Há um serviço de fotógrafos que documenta todos os eventos da viagem. O hóspede pode adquirir as cópias no escritório dos fotógrafos a bordo.




Fonte: Lia Nagel, Terra e CVC

Vintage Culture & Adam K - Pour Over

Italian Coasts; Molto Bella!!

Borgeous & Zack Martino - Make Me Yours


Borgeous & Zack Martino: These guys know very well what they do and they do very well !! 
Very successful!





Dubai (دبي): um milagre no deserto... Espetacular!!

Hello Dubai!!!!

Só uma palavra define Dubai (دبي). É milagre.
Até 1970, o pequeno território era um areal. Beduínos nômades viviam aqui e ali em tendas. Três décadas depois, a cidade se flexiona no superlativo.
Ali está o hotel mais luxuoso do mundo. Ali impera a torre mais alta do mundo. Ali se encontram os shoppings mais sofisticados do mundo. Ali se concretizam os sonhos mais exóticos do mundo.
Quer uma estação de esqui com mais requintes que os oferecidos por Áustria, Suíça ou Líbano? Vá a Dubai. Ali o turista pode esquiar com a temperatura externa próxima dos 50º.




Quer tomar um banho de mar com água morninha e o conforto de Mônaco? Em Dubai, o Mar da Arábia se oferece grandão e verdinho.



Quer passar uma noite no deserto? Dubai lhe põe ao alcance da mão um rally na areia, relaxar em tendas confortáveis, passeios de camelos e balões, caminhadas pela areia e dunas. além de ter a inesquecível e maravilhosa oportunidade de curtir paisagens das mais incríveis e tirar fotos espetaculares, como as do pôr do sol simplesmente extraordinário!!















Quer hospedar-se no fundo do mar? Dubai tem um hotel mergulhado no oceano.






Dubai é delírio!!!






Dubai é uma cidade que possui paisagens espetaculares do nascer ao pôr do sol!!!!




















Os Emirados do Golfo Pérsico é país árabe que não tem população árabe, não fala árabe, não come comida árabe. Ali, os nacionais são menos de 10% dos habitantes. A maioria são os indianos, seguidos dos paquistaneses, dos vietnamistas, dos chineses, do resto do mundo. Todos falam inglês e escolhem a refeição entre as 120 nacionalidades de cozinhas oferecidas. Uma delas, a local. 








O aeroporto talvez ainda não seja o maior do mundo. Chegará lá. Antes disso, mostrou serviço. Desviou a rota internacional de vôos. Antes, para ir à Ásia, era obrigatório fazer escala em Los Angeles ou Londres. Hoje há preferência por Dubai. É mais perto, mais barato e menos burocrático. Com um mimo adicional: o turista pode passar 24 horas no emirado — sem visto e com diária pra lá de sedutora. Quem não quer?






Megaconstrução em Dubai: The Tower

Em outubro de 2016, Dubai iniciou as obras de mais uma megaconstrução: The Tower at Dubai Creek Harbour.
 O projeto é do arquiteto neo-futurista espanhol/suíço Santiago Calatrava Valls e será a construção mais alta do mundo.
A torre servirá como o núcleo central de Dubai Creek Harbour, localizado a 10 minutos do Aeroporto Internacional de Dubai, ao lado do rio Dubai Creek, e nas proximidades da Reserva Biológica Nacional Ras Al Khor, protegida pela Convenção de Ramsar da Unesco.


O projeto da torre busca inspiração nos lírios e evoca a imagem de um minarete (torre de mesquita), um recurso comum e aspecto distintivo da cultura islâmica. A haste esguia serve como a analogia da estrutura, que é ligada ao solo por cabos.



O empreendimento oferecerá vista em 360 graus da cidade, tendo como apogeu a “Sala do Pináculo” (The Pinnacle Room), que é um grande observatório. Os Terraços Ajardinados de Observação VIP (VIP Observation Garden Decks) irão recriar o esplendor dos “Jardins Suspensos da Babilônia”. A “piece-de-resistance” será os balcões rotativos que se projetam para fora. A torre terá também um hotel butique.

Dubai e a sua arquitetura magnífica!

Penso que não é necessário apresentar o Dubai. Toda a gente sabe que é aqui que se pode encontrar a arquitetura mais impressionante e com mais dinâmica no mundo contemporâneo, o hotel mais luxuoso do mundo, Burj Al Arab, e o edifício mais alto do mundo, Burj Dubai.




Dubai é simplesmente espetacular! Do tipo arquitetura futurista. 














E ainda têm praias com água salgada!!!


Sombra e água salgada: praia salgada é novidade nos Emirados Árabes





Que o Oriente tem os hotéis mais luxuosos do mundo, isso quase todos sabem. Mas poucos podem imaginar o nível a que podem chegar os investimentos para agradar os turistas ocidentais.




 Para atrair os estrangeiros, até o sol dos Emirados Árabes é obrigado a se curvar.






Palazzo Versace


Será construída ali e, mais especificamente no Palazzo Versace, uma praia refrigerada. Nela, a água salgada, que cobrirá centenas de metros, será artificial e refrescante, tornando a temperatura da praia mais agradável para turistas que não estão acostumados a tanto calor. O projeto será realizado pela Sundance Group, que assinou um acordo exclusivo com Gianni Versace para a construção de quinze unidades do Palazzo Versace. Isso sim é sombra e água fresca.




Agora, vamos fazer um tour por esse "Oásis" que é Dubai:







Dubai é uma das cidades mais desejadas para se visitar no mundo.

Para mostrar a cidade de uma nova perspectiva, o fotógrafo russo Sergey Dolya resolveu fazer um passeio de helicóptero pela cidade e registar os pontos turísticos que todos os dias nos surpreende graças as suas megalíticas construções.






Dubai, nascida do deserto e renascida do petróleo, Dubai é uma cidade-estado invejável, procurada por milhares de turistas.
O segredo do seu sucesso está na mistura dos melhores ingredientes do passado, do presente e do futuro. Uma receita de boas tradições, luxo e modernidade a seguir.
Terra de fascinantes contrastes, surge no imaginário ocidental como um destino exótico e único.

O deserto ocupa quase a totalidade do território deste estado autónomo dos Emirados Árabes Unidos. Não existem montanhas com neve, nem praias de palmeiras, selvas tropicais ou lagos exóticos. No entanto, outros países donos destes atrativos naturais não conseguem ter o mesmo volume de turistas que Dubai chama ao seu território.

O segredo deste espetacular sucesso está no rápido desenvolvimento das infraestruturas, no “marketing” agressivo e na variedade da oferta turística. O emirado é conhecido como um destino de contrastes charmosos. À primeira vista, ele se apresenta como um centro dinâmico de negócios, onde Rolls Royces e Mercedes dobram as esquinas de arranha céus que “gritam” “design” e modernidade.

Por outro lado, vive-se uma viagem ao passado, quando a cidade era ainda uma aldeia de pescadores e apanhadores de pérolas, e a vida era simples e sem “stress”.

Estes contrastes dão a Dubai uma personalidade e sabor únicos: uma sociedade cosmopolita com um estilo de vida internacional, no entanto com uma cultura profundamente enraizada nas tradições islâmicas da Arábia.


Cosmopolita, Dubai desvenda-se no meio de uma região de areais, mar e muito sol. Se há um século atrás era uma tranquila cidade à margem da água, habitada por nômades, criadores de camelos, pescadores e apanhadores de pérolas, hoje é uma metrópole ultra moderna, com arranha céus de arquitetura futurista onde passeiam pessoas de todo o Mundo. Há mesmo quem lhe chame a Manhattan das Arábias.
Dubai é a cidade-estado número um em turismo e negócios do Médio Oriente e a segunda maior dos sete Emirados Árabes Unidos.
Concentrada principalmente na área da sua delicada enseada, pois a maioria dos seus 78.000 km2 de território é deserto, é na realidade constituída por duas cidades separadas pelo canal Creek, Bur Dubaie Deira. Apesar de se encontrarem ligadas por duas pontes e um túnel, a maneira mais agradável de atravessar o canal é apanhar um táxi de água, o “abbra”. Ambas as zonas têm movimentados “souks” mas o centro histórico de Dubai fica em Deira. Mas os reluzentes e vistosos prédios de escritórios em Bur Dubai ameaçam tornar-se no centro nevrálgico da cidade-estado.
Sabiamente, a indústria do turismo criou primeiro as instalações e os meios e só depois convocou os clientes para deles usufruírem. O moderno aeroporto, com o futurista terminal Sheikh Rashid, a completa rede de transportes, o eficiente sistema de comunicações, o sector financeiro estável, junto às diversas áreas históricas, tudo contribuiu para fazer de Dubai uma cidade atraente, onde tudo funciona às mil maravilhas!








Embora se saiba pouco sobre a história desta área, durante algumas explorações arqueológicas foi encontrado material que deixa supor que as primeiras fundações datam de há mais de 4000 anos. Outras evidências ligam as pessoas dos Emirados Árabes Unidos à misteriosa civilização Magan da Idade do Bronze.



No final do século XVI os portugueses tentaram controlar o comércio local, mas em 1766, os ingleses ganham o controle da região em redor do canal. Em 1820, os Emirados Árabes Unidos ficam sob a autoridade do Império Britânico, após alguns ataques perpetrados contra a frota de Jorge IV. É então assinado um tratado onde os governantes árabes locais aceitavam a proteção militar dos ingleses e prometiam refrear a pirataria nos mares.

Com a descoberta de petróleo no campo de Fateh, em 1966, que resultou num fantástico “boom” econômico  o futuro de Dubai alterou-se. A independência foi conquistada a 2 de Dezembro de 1971 e é desde essa altura um dos sete estados autônomos que fazem parte da federação dos Emirados Árabes Unidos.

ALGUNS PASSEIOS IMPERDÍVEIS!!!

Mesquita Jumeirah


Situada numa das zonas mais antigas da cidade, está a Mesquita Jumeirah, uma das maiores e mais bonitas de Dubai e exemplo típico da moderna arquitetura islâmica. O edifício é particularmente atraente à noite, quando iluminado.











Residência do Sheikh Saeed


No bairro de Shindagha, na foz do Creek, ergue-se a residência oficial do Sheikh Saeed Al Maktoum, governador de Dubai (1912-1958) e avô do governador actual, Sheikh Maktoum bin Rashid Al Maktoum. A casa que data de 1896 possui uma rara colecção de fotografias, moedas, selos e documentos históricos.





Aberta todos os dias das 8h30 às 21h00, excepto à sexta-feira (15h00 às 22h00).




Edifícios


Os arranha céus fazem de Dubai uma Hong Kong ou Singapura do Médio Oriente. O Dubai Bank, com a sua fachada curva de vidro fumado, desenhada para representar a vela cheia de um “dhow”, é espantoso; mas outros como a torre em frente rematada com o que parece ser uma bola de golfe gigante (Etisalat Tower) ou o Burj Al Arab que irá ser o hotel mais alto do mundo, não ficam atrás. No Dubai World Trade Center, com 39 andares de escritórios de multinacionais, pode-se ter uma vista sublime da cidade entre as 9h30 e as 16h30.


Burj Khalifa












Cruzeiro Bateaux com jantar no Canal do Creek


Um dos passeios top dos tops que não poderá faltar na sua lista é um mini cruzeiro luxo com jantar requintado a bordo de uma lindíssima embarcação conhecida como Bateaux Dubai. Essa experiência gastronômica ocorre no charmoso Canal do Creek, na parte histórica de Dubai. O Bateaux Dubai oferece cozinha internacional com variada seleção de bebidas, serviços personalizados e vistas panorâmicas das belezas da noite Dubaiana em uma das áreas mais privilegiadas e tradicionais da cidade.







Museu de Dubai

No forte Al Fahidi construído em 1799 e restaurado em 1993 foi instalado o Museu de Dubai. No interior das paredes que guardavam a cidade exibem-se objetos descobertos nas escavações arqueológicas, representações de casas tradicionais e mercados, e dioramas ilustrativos da vida do povo antes da descoberta do petróleo.


Aberto todos os dias das 8h30 às 20h30 excepto à sexta-feira (15h00 às 21h00).





Heritage and Diving Villages


Junto à margem do Creek no bairro de Shindagha foi recriada uma aldeia dos primórdios. O complexo das Heritage and Diving Villages oferece exposições de olaria e demonstrações das artes dos tecelões e dos apanhadores de pérolas. Existem muitas lojas a vender artesanato.






JARDINS E PARQUES DE DIVERSÕES


Muitas famílias de Dubai procuram os parques recreativos da cidade. Os parques Mushrif, mesmo por detrás do aeroporto, Creekside, Safa e Umm Suqueim são quatro dos mais atrativos, com luxuriantes jardins, plantas exóticas e grande variedade de divertimentos.






Wild Wadi Waterpark

Um local de divertidas atrações aquáticas ligadas entre elas, para as crianças se divertirem ao máximo e para os adultos recordarem os prazeres de ser criança durante o ano inteiro, pois a água está sempre a uma temperatura convidativa.


WonderLand


Localizado logo a seguir à ponte Garhoud em Bur Dubai, o parque WonderLand é o mais recente parque de diversões que atrai pessoas de todas as idades. As atrações incluem numerosos escorregas de água, montanhas russa, jogos de perícia, barcos de choque, etc.




MERCADOS


Gold Souk


Dubai vangloria-se por ter um dos maiores mercados de ouro a retalho do mundo inteiro, vendendo tudo, desde lingotes a complicados trabalhos de joalharia, por uma pechincha. As montras das lojas que dão para a rua principal escondem normalmente corredoras de estabelecimentos mais pequenos.






Al Fahidi Street


Esta rua atravessa o coração do ?souk? de Bur Dubai. As suas milhares de lojas estão inundadas com as últimas novidades eletrônicas  vídeos, televisões, equipamento fotográfico, relógios, etc., que são vendidos a preço da chuva.







Spice Souk


As estreitas ruelas deste mercado de especiarias estão invadidas pelo odor do cravo da Índia, canela, incenso, frutos secos, pimenta e nozes. Importadas de todo o Médio Oriente, estas drogas aromáticas estão dispostas em grande sacos de serapilheira, oferecendo um espetáculo de cores inesquecível.





Com um clima subtropical onde a temperatura média é de 24ºC, a melhor altura para visitar Dubai é entre os meses de Outubro e Maio. A época mais quente vai de Junho a Setembro.


Ir à Dubai e não passear no deserto, é como ir a Roma e não ver o Papa. Diariamente são organizados passeios pelas dunas e montanhas do território, que podem ter a duração de meio dia, um dia inteiro ou dois dias, com uma noite passada num acampamento beduíno. Desde conduzir em todo-o-terreno nas traiçoeiras areias, andar de camelo, fumar “narghilé” (cachimbo de água) ao luar, fazer esqui na areia, visitar aldeias perdidas, assistir ao treino de falcões, as hipóteses são variadas e todas muito originais.





Uma maneira diferente de ver Dubai é fazer um cruzeiro no canal a bordo de um “dhow” – barco tradicional de madeira. Desde a foz e ao longo das margens do Creek, tanto de dia como de noite, vêem-se os principais monumentos.
Os autocarros locais funcionam em Deira e em Bur Dubai. Não se aconselha alugar um carro, porque conduzir em Dubai é um verdadeiro desporto!

Os “abbras” funcionam desde manhã até cerca da meia-noite. Na zona antiga da cidade vale a pena passear a pé.











Dubai
 Dubai Mall









Tour Safari de luxo com jantar no deserto:


O tour Safari no Deserto top luxo com jantar é simplesmente um luxo!!!

Super requintado,e exclusivo e uma das experiências mais luxuosas que se pode desfrutar, o tour é realizado dentro de uma reserva ambiental que é o a exclusivíssima Dubai Desert Conservation Reserve, a joia guardada dos sheiks da tribo Maktoum, que governa os Emirados Árabes.
O passeio começa a bordo de uma Mercedes G-Wagon 4×4 pelas dunas e paisagens deslumbrantes do deserto. Além disso, poderá assistir um show dos falcões com profissional especializado na criação dessa ave, dentro de uma área reservada para os clientes vips. Logo após, é oferecido um coquetel elegante (Sunset canapês) com degustação de caviar para assistir ao belíssimo pôr do sol no meio das dunas do deserto. Finalmente, chegam aos “Majlis” privados (lounges árabes) finamente decorados onde poderão relaxar e desfrutar da gastronomia de alto nível debaixo de um céu estrelado. O menu inclui opções sofisticadas, como salmão com camarões gigantes e steak de angus rib-eye australiano.
Durante o jantar, poderão fazer uma imersão nos encantos das mil e uma noites, assistindo apresentações privadas de dança do ventre, pequenos passeios de camelo, as tradicionais tatuagens de hena e degustação de shishas (narguilés) aromáticas. Um momento único, mágico e privilégio para poucos!! Mas, super vale a pena esse passeio!!!


















Ferrari  World:





Fonte: Conexão Lia Nagel; Terra; UOL