Conexão Lia Nagel

Pesquisar neste blog

Tradutor - Translate

sábado, 14 de setembro de 2013

Amor ou Paixão?




CARACTERÍSTICAS DA PAIXÃO:


Emoções fortes.
As pesquisas confirmam que experimentamos diferentes sintomas físicos no princípio da paixão. Sensações como caminhar nas nuvens quando tudo vai bem e sentir-se doente quando tudo vai mal; arrepios subindo e descendo pela coluna vertebral, incapacidade de concentração, dores no estômago ou dificuldade de comer, são sintomas muito comuns, mas as emoções fortes ocorrem tão freqüentemente na paixão quanto no amor verdadeiro, embora sentimentos inexplicáveis e emoções fortes indiquem mais a paixão. 


Exige atenção.
Exige, preocupado com a satisfação de seus próprios desejos.
É egoísta, vive as prioridades da vida.



Depende da beleza exterior e dá muito valor a isso. Atração física e sexual são os princípios básicos
A atração sexual pode estar presente sem o amor verdadeiro. É inteiramente possível, particularmente para o homem, ter um forte desejo sexual por uma mulher que ele antes não conhecia. Abraçar e acariciar aumenta a urgência dos sentimentos eróticos até que o sexo domine a relação. A paixão, por si só, não é indicação de amor verdadeiro. A atração sexual pode ser tão importante na paixão quanto no amor verdadeiro, e às vezes pode ser até dominante.


A paixão tem pressa, pois tende a ser efêmera.
É ávido pelo contato sexual. Ele se preocupa com o agora. Ela, como o muito romance – vive das sensações fortes.
O apaixonado tem urgência. Sofre a pressão dos impulsos, dos desejos.


É ciumento.
Tem sentimentos de desconfiança, de todos, em tudo.
É egoísta, absorvente, possessivo.
É impetuoso. Arrebatado. Fugaz. Sagaz. Inconsequente.



CARACTERÍSTICAS DO VERDADEIRO AMOR


É doador de atitudes de carinho. Amável, afetuoso.
Deseja o bem-estar do outro.
O conforto e bem estar do outro vira prioridade. Há um interesse pela vida familiar do ser amado.


É incondicional.
Pouco se interessa pela aparência.
A preocupação com o conteúdo da personalidade e pelas afinidades em comum são essenciais. É compreensivo, não é exigente.




É sereno. Cauteloso. Cuidadoso.
Quem ama, sabe quando é a hora certa para todos os momentos de maior intimidade. Respeita o outro, principalmente seus valores culturais e de formação. Não depende de seus impulsos e nem se escraviza a eles. Tem domínio próprio.


Dá liberdade.

É confiante. Acredita no que fala e o que faz a pessoa amada.
Não é absorvente e fiscalizador. Tem segurança na pessoa amada e na relação.
Promove e respeita a individualidade da outra pessoa.


Valoriza o diálogo.
Se satisfaz com a simplicidade que o diálogo proporciona.
Aprofunda a amizade com a comunicação em todo tempo.



É sereno e constante.

Sabe que as pessoas são falhas.
Que os problemas podem ser resolvidos a dois.
Que o respeito ao outro sobrepõe nossa vontade própria.
Sabe que as dificuldades existem, mas elas podem ter solução.



É como um raio de sol.

Ilumina a temperatura da amizade.
Sua vida ao lado dessa pessoa ficou melhor ou pior.
Você passa a maior parte do tempo angustiado com seu namoro com essa pessoa?
Você é mais espiritual ou secular, por causa desta amizade?


É muito espiritual, voltado para o interior, o coração, a alma
Valoriza as pessoas olhando as suas virtudes. Respeita e supera os defeitos. É generoso, gosta de servir, colaborar.


O amor verdadeiro difere da paixão na medida em que provê tempo e espaço para reconhecer as boas qualidades bem como as falhas do amigo(a) especial. Comprometer-se com, ter relações sexuais com, viver com, ou casar-se com alguém baseado nesses sentimentos precoces, é pura tolice e irá resultar em consequências previsíveis e negativas.



A maioria das paixões arrebatadoras e cegas pode conter uma porção de amor verdadeiro e o amor verdadeiro pode incluir muitos dos sintomas encontrados na paixão.


Simplesmente ame o seu amor todos os dias da sua vida.
Se for uma paixão, viva intensamente cada momento ... que seja pleno enquanto dure. 
Lia Nagel.











Lia Nagel





Nenhum comentário:

Postar um comentário