Conexão Lia Nagel

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Aprenda a usar maquiagem e não danificar a pele


Se você gosta de ter a pele sempre saudável mas não quer abrir mão da maquiagem no seu dia a dia, anime-se, pois é possível aliar beleza e saúde. De acordo com o dermatologista Luiz Carlos Cucé, do Hospital das Clínicas da FMUSP, não há problemas em utilizar esses produtos, desde que alguns cuidados básicos sejam tomados. "Sempre é bom evitar maquiagens excessiva, principalmente para as peles mais sensíveis", destacou.



Se você já teve algum tipo de reação alérgica com maquiagens, é bom ficar atenta. Mas se você não tem problemas com alergia, basta ter um cuidado extra para não danificar a sua pele. "Para obter o efeito desejado sem estragar a pele é fundamental que a maquiagem seja aplicada junto com protetor solar e hidratante facial", disse o dermatologista.


A pele sem o hidratante pode ficar ressecada, o que causa uma sensação de envelhecimento. Segundo Cucé, os cosméticos costumam "puxar" a água da primeira camada da pele, por isso existe a necessidade do hidratante.


Além da hidratação, é importante não esquecer da importância do filtro solar, ainda mais no verão, quando a incidência dos raios solares é mais forte. "Se a mulher utilizar três vezes ao dia, já consegue um bom resultado, principalmente no horário das 12h às 14h, que é o pico da incidência de raios UVA e UVB", orientou o médico.


Porém, se você acha que não vai conseguir lembrar a hora de passar o protetor, saiba que existem marcas que já contêm a proteção na própria fórmula. "Eles não têm a mesma eficácia que o creme separado, mas já ajudam bastante nos cuidados com a pele", diz Cucé.


Após todos os cuidados, é sempre bom lembrar que é recomendável não dormir com a maquiagem no rosto. A limpeza facial diária garante uma pele com menos espinhas e cravos. Se a limpeza não for realizada, a pele não vai conseguir se renovar e ficará mais oleosa.


O mais importante no uso de maquiagem é ficar atenta aos sinais da sua pele, como orienta o médico, pois a alergia ou processo de irritação não aparece logo na primeira vez que o produto é usado, ele pode ocorrer com o passar do tempo. "Esses problemas nunca aparecem no primeiro contato com a pele, mas sim com o uso contínuo. Existem pessoas que levam anos para manifestar algum tipo de reação", diz o profissional.


Para correr um risco menor, evite usar os cosméticos com maior concentração de euzimato de sódio, um dos principais causadores de coceira e vermelhidão na pele. Em caso de surgimento de alguns destes sintomas, o correto é suspender imediatamente o uso do produto.

Fonte: Fábio Santos


Nenhum comentário:

Postar um comentário