Conexão Lia Nagel

Pesquisar neste blog

Tradutor - Translate

terça-feira, 13 de julho de 2010

Pesquisas concluem que os frutos secos são altamente nutritivos se consumidos adequadamente

Estudos lançados recentemente nos Estados Unidos comprovam que os frutos secos são importantes aliados da saúde.
Eles contribuem para a diminuição do colesterol, reduzem os riscos de doenças cardiovasculares e, associados a peixes e legumes, ajudam a prevenir a doença de Alzheimer.
Uma das pesquisas, publicada no Arquivo de Medicina Interna dos Estados Unidos, comparou 25 estudos clínicos obtidos no âmbito de uma investigação ampla realizada em sete países e aplicada em 583 participantes, entre homens e mulheres, com níveis diferenciados de colesterol. Todos tinham que consumir determinado tipo de frutos secos.
Os voluntários ingeriram uma média diária de 67 gramas de nozes, amêndoas e outros frutos secos, o que confirmou a redução do nível médio de colesterol total em 5,1%. As gorduras no sangue foram reduzidas em 10,2% nos indivíduos que apresentavam índices muito elevados e menor porcentagem naqueles com os níveis mais baixos.
Os resultados da análise reforçaram a inclusão destes frutos na alimentação terapêutica para melhorar os índices de colesterol, devido ao potencial que eles têm para diminuir os riscos de doença cardíaca do tipo coronariana.
Outra pesquisa, publicada na revista científica Archives of Neurology, constatou que uma alimentação rica em frutos secos, peixes e legumes ajuda na prevenção do mal de Alzheimer.
Os cientistas da Universidade Columbia, nos EUA, analisaram ao longo de quatro anos as dietas alimentares de mais de dois mil nova-iorquinos reformados. Foi verificado que os que mantêm uma dieta padrão com estes alimentos e evitam as carnes vermelhas e os laticínios gordurosos apresentam menor probabilidade de sofrer de Alzheimer.
Os pesquisadores atribuem a eficácia desta alimentação aos diferentes níveis de nutrientes apresentados pela combinação desses alimentos, pois dietas ricas em ácidos gordos como vitamina E, ômega-3 e folatos, mas pobres em gorduras saturadas, tendem a ser mais saudável para o ser humano.
Desde que não exagerados na quantidade, os frutos secos são altamente nutritivos. A densa qualidade de nutrientes presentes, como vitaminas, proteínas e minerais, trazem diversos benefícios para a saúde e caem bem na refeição: não só como petiscos, mas também adicionados ao prato principal.

Fonte: SaúdePlena

Nenhum comentário:

Postar um comentário