Conexão Lia Nagel

Pesquisar neste blog

Tradutor - Translate

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Quinoa

A Quinoa, também conhecida como quinoa real, é um grão originário da Bolívia, conhecido como um cereal sagrado dos Incas.

Este alimento possui alto valor nutritivo, sendo rica em aminoácidos e carboidratos, além de conter fibras, sais minerais (cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, sódio, zinco, cobre e manganês) e vitaminas (B1, B2, B3, B6, E,A), além de ácidos graxos ômega 3, benéficos para o coração.
Por ser muito rica em fibras, auxilia no bom funcionamento do intestino e no controle dos níveis de colesterol, glicemia e triglicérides no sangue. Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde) a Quinoa é considerado um alimento único por seu altíssimo valor nutricional.
Qualificada como o melhor alimento de origem vegetal para consumo humano, pela Academia de Ciências dos Estados Unidos e selecionada pela Nasa para integrar a dieta dos Astronautas em vôos espaciais de longa duração, por seu extraordinário valor nutritivo.
Investigadores que vem estudando a quinoa real, nas ultimas décadas, constataram, que seu valor nutritivo - só comparado ao leite materno, tem sido considerado um alimento mais completo do planeta, muito superior aos de origem animal, como a carne, o leite, os ovos e peixe.
Conta com 20 aminoácidos, dos quais os 10 essenciais (Histidina Isoleucina,, Leucina, Lisina, Metionina, Fenilalanina, Treonina, Triptofano,Valina e Arginina), seus altos níveis de lisina e metionina está relacionada ao desenvolvimento da inteligência, rapidez de reflexos e outras funções como a memória e aprendizagem, detoxificação do fígado entre outras.
Devido seu alto perfil de aminoácido e acido linoleico, a quinoa tem sido recomenda pela Academia Americana de Pediatria, para alimentos infantis. A contribuição de proteína para o conteúdo de energia total da Quinoa, é 23%;e 20% é de gordura e os restantes são de carboidratos.
Sua qualidade nutricional é melhor que a da soja, com sais minerais e aminoácidos balanceados.
Apesar de altamente protéicos, os grãos não possuem o glúten, proteína encontrada no trigo e presente nos seguintes cereais: Trigo, Cevada e Centeio, essas proteínas afetam diretamente o intestino delgado, encarregado da absorção dos nutrientes que como conseqüência não cumpre com essa função e impede muita gente alérgica e celíaca de comer pão, macarrão ou biscoito.
Pelo se perfil de aminoácidos e vitaminas e minerais tem sido indicado para atletas e praticantes de atividade física por proporcionar um melhor rendimento e elasticidade das fibras musculares, na recuperação de tecidos e células e na produção de hormônios e enzimas.
Atua também na melhora dos sintomas da menopausa em mulheres por conter fitoestrógenos substâncias que previnem enfermidades crônicas como osteoporose, câncer de mama, enfermidades do coração e outras alterações femininas ocasionadas pela falta de estrógenos durante a menopausa.
Participa também na redução de danos gastrointestinais, na integridade do sistema imunológico, na regulação das funções cardiovasculares, nos processos de cicatrização e como normalizador da próstata e órgãos reprodutores masculinos.
Atua na melhora da imunidade, na regulação das funções cardiovasculares. Seu consumo é indicado para vegetarianos,d iabéticos, grávidas e lactantes. Funciona ainda como laxante, aintiespasmódico e diurético.
Podemos encontrar para comprar em lojas de produtos naturais, nas formas de farinhas, flocos, grãos. As farinhas podem ser utilizadas para o preparo de massas de bolos, pães.
Os grãos podem ser cozidos e consumidos em forma de saladas, sopas ou até mesmo junto com o arroz e feijão. Os flocos podem ser adicionados a frutas, sopas, vitaminas e etc...
A quinua é encontrada na forma de farinha para fazer pães, bolos e tortas; integral para cozinhar ou fazer quibe, tabule, saladas, acrescentar nas sopas, etc.
Também é encontrada como flocos e macarrão.
Fonte: Ana Paula Gluck Karam - Nutricionista

Nenhum comentário:

Postar um comentário