Conexão Lia Nagel

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Aprenda a errar direito!

Você vai errar.

Não tem jeito!


Não falo sobre erros que podem ser evitados, mas daqueles que são frutos das mudanças que nos cercam: o que dava certo pode não dar mais, as inovações que geramos podem conter equívocos.

O jeito é aprender a lidar com o erro.

O primeiro passo é conceituá-lo novamente: uma resposta diferente ao que foi planejado não é necessariamente um resultado ruim. Sobretudo, um erro não é mais razão para que se desista de um projeto.

Sempre me intrigou a mágica que acontece nos bastidores de algumas convenções: o equipamento que falha, um palestrante que não pôde comparecer, e nos vemos forçados a alterar nossos planos.

Ao fim, parece que nada poderia ter sido melhor do que a mudança: É como se o incidente tivesse gerado uma energia e uma criatividade especial...

É claro que as coisas não têm de ser assim, mas é preciso deixar uma porta aberta para a criatividade e o improviso à medida que as interações surgem.

Este dom pode ser levado para o campo das inovações.

Há inúmeros exemplos de produtos bem sucedidos que foram frutos de erros ou do acaso – a maionese, a penicilina e o post it são alguns deles.

Há casos também de produtos destinados a um público alvo que acabaram fazendo sucesso junto a outros públicos, como os caixas eletrônicos nos Estados Unidos: destinados inicialmente a executivos, acabaram sendo utilizados acima de tudo por imigrantes que não falavam bem o inglês.

E qual é afinal esta nova forma de lidar com o erro?

Seguem algumas dicas:


Planeje sempre.


Além do plano B e do plano C, mantenha um estado de alerta permanente para os resultados.

Preocupe-se não apenas em acertar, mas em aprender extrair as lições do imprevisto.

Se não servirem para um projeto atual, servirão para o próximo.


Previna-se.


Faça uma lista das possíveis consequências favoráveis e desfavoráveis.

Não pense em soluções perfeitas, mas sim, naquelas cujos benefícios valem a pena.

Divida as consequências ruins em reversíveis e irreversíveis.

Prepare-se para administrar as primeiras e evitar as segundas.


Diferencie erro de surpresa.


Não considere errado tudo o que for diferente do planejado.
Procure as oportunidades embutidas nas surpresas. Provavelmente você as encontrará.

Corrija rápido.

Se algo realmente não estiver dando certo, corrija.
A grande sabedoria aqui está em distinguir persistência de "murro em ponta de faca".
Pessoas bem sucedidas tendem a não desistir dos resultados que querem alcançar, mas são flexíveis com relação à forma de atingi-los.

Improvise.

Desenvolva e utilize esta habilidade.
Ela é fundamental, principalmente quando se lida com pessoas.
Não adianta exigir os comportamentos que você gostaria de presenciar.
Pelo contrário, reconheça que as respostas dos outros são tesouros para seu aprendizado.


Conclusão:


Erre sim.

Erre muito, mas erre bem.


Assim você garantirá seus acertos.


Assimiliará mais conhecimento e aprendizado.


Fonte: Gisela Kassoy


Algumas frases para meditar:


A sabedoria de um homem não está em não errar, chorar, se angustiar e se fragilizar, mas em usar seu sofrimento como alicerce de sua maturidade.

Augusto Cury


De nada adianta a liberdade se não temos liberdade de errar.

Mahatama Gandhi


Quem nunca errou nunca experimentou nada novo.

Albert Einstein


Errar é humano. Ser apanhado em flagrante é burrice.

Millôr Fernandes


Errar é humano. Culpar outra pessoa é política.

Hubert H. Humpherey


O único homem que está isento de erros, é aquele que não arrisca acertar.

Albert Einstein


Errar é humano, mas também é humano perdoar. Perdoar é próprio de almas generosas.

Platão


Uma coisa é querer aprender. Outra é querer garantias de que não vai errar.

Geraldo Eustáquio


Todos nós podemos errar, mas a perseverança no erro é que é loucura.

Zenão de Cítio Zenon


Justificar um erro é errar outra vez.

Textos Judaicos

O maior erro que você pode cometer: é o de ficar o tempo todo com medo de cometer algum.

William Shakespeare


O maior erro na vida é o de ter sempre medo de errar.

Elbert Hubbard


Qualquer pessoa pode errar; mas ninguém que não seja tolo persiste no erro.

Marcus Cícero


Todos os homens são passíveis de errar; e a maior parte deles é, em muitos aspectos, por paixão ou interesse tentada a fazê-lo.

John Locke

Nenhum comentário:

Postar um comentário