Conexão Lia Nagel

Pesquisar neste blog

Tradutor - Translate

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

DROGAS: um mal que atormenta muitos...


O que é droga?

Todas as drogas têm em comum a capacidade de alterar o estado mental do usuário, seja proporcionando uma sensação de prazer e conforto ou reduzindo a timidez e aumentando a sociabilidade de quem a usa.

Em geral, todas também causam dependência química e psicológica, transformando o usuário ocasional em viciado, que acaba dependendo do consumo da droga para manter suas atividades normais.

O álcool, o tabaco e a maconha são exemplos mais comuns de drogas obtidas diretamente de plantas.

A cocaína e o crack, por exemplo, são adquiridos de uma pasta refinada a partir das folhas de coca, vegetal encontrado originalmente na América do Sul.

Outras sustâncias, como ecstasy e o LSD, são produzidas diretamente em laboratório.

Nem todas as drogas são proibidas por lei.

Álcool e tabaco, apesar das crescentes restrições que vêm sofrendo na maior parte dos países, são vendidos e consumidos normalmente no Brasil. A legalidade destas drogas elimina os riscos adicionais que correm os usuários de outras drogas: a ausência de segurança.

Como a maior parte das drogas é clandestina e obtida por meios ilegais, é difícil ao usuário ter certeza da qualidade do produto. Por conta disso, além dos problemas normais já causados pela substância pura, muitas vezes ocorrem complicações de saúde por causa do consumo de substâncias tóxicas junto com a droga.

Tipos de drogas:

Álcool; anfetaminas; cocaína; crack; ectasy; heroína; LSD; maconha; tabaco.


Como prevenir o uso de drogas pelos jovens?

É muito difícil convencer alguém a não fazer algo que lhe dá prazer - e a droga, antes de qualquer outra coisa, é algo que oferece prazer imediato.

Por causa disso, fazer terrorismo com histórias macabras ou exagerar na descrição dos efeitos das drogas só piora as coisas: a maioria dos jovens são melhor informados sobre drogas do que os próprios pais, mesmo quando não são usuários. Portanto, a prevenção ao uso de drogas começa muito antes.

Para o psiquiatra Flávio Gikovate, a prevenção passa necessariamente por um tipo de educação não apenas aberto ao diálogo, mas também à independência. "O tipo de educação que se vê hoje cria adolescentes fracos. E um ser imaturo, sem paixão, que não consegue enxergar a vida com seriedade, é altamente predisposto à influência do meio".

Mas este "meio" não são apenas os amigos, embora a pressão do grupo seja um fator importante, ainda mais nesta idade: "Os exemplos que o adolescente tem em casa também contam muito. Muitos deles ouvem discursos que os incentivam à responsabilidade e ao auto-controle, por exemplo, mas vêem os pais comendo compulsivamente, bebendo, ou fazendo coisas irresponsáveis. Isto não significa que os pais estejam sendo levianos ou mal intencionados, mas é importante que os pais observem a coerência entre o que dizem e o que fazem".

Incentivar os filhos a terem uma vida saudável e produtiva, portanto, é a melhor forma de mantê-los longe das drogas e de outros tipos de dependência, como a do consumo, do jogo e tantas outras. Dar-lhes suporte afetivo e cuidar de sua auto estima são tarefas muito mais complexas, mas também mais eficazes tanto para evitar o problema das drogas, quanto para formar adultos mais corajosos e conscientes de si mesmos.

Como saber se o seu filho está usando drogas?

Pais que têm um relacionamento mais aberto com seus filhos têm mais facilidade para perceber problemas e mudanças de comportamento. Sendo assim, é importante ficar próximo dos filhos, sem controlá-los excessivamente, mas demonstrando amor, preocupação e rigor em relação às regras estabelecidas em casa.

Não adianta forçar o jovem a falar ou xeretar em suas coisas, pois esta atitude não é ética, e ética é tudo que um adolescente precisa quando está em crise.

Antes de xeretar na vida do filho ou acusá-lo sem provas, o correto é aproximar-se com jeito e mostrar que a reação a seus problemas não será catastrófica nem agressiva, e sim compreensiva e acolhedora - mas com a firmeza necessária num momento como esse.

Veja alguns sinais típicos de que seu filho está com problemas, não necessariamente com drogas:

· Um sinal típico de que algo não vai bem se refere à relação com a comida. Se seu filho estiver muito inapetente, ou vivendo acessos de gula (especialmente por doces), isto pode ser um sinal de alerta.

· Deixar de se encontrar com os amigos de sempre e começar a andar com novos amigos que não quer apresentar também é sinal de que alguma coisa pode não estar indo bem com ele.

· Recusar-se a dizer onde vai ou a que horas volta também é uma atitude a ser vista com cautela pelos pais, embora sempre seja prudente dar um voto de confiança ao filho.

· Baixo rendimento escolar e desinteresse repentino pelos estudos ou por atividades antes importantes (como tocar, jogar bola) são sinais típicos de que algo não vai bem.

· Olhos vermelhos ou vidrados, falta ou excesso de sono, irritabilidade e recusas constantes em conviver com a família também devem ser observados.

· Outro sinal de alerta são os problemas com dinheiro. Se a mesada começar a "sumir" muito mais rápido que o normal sem nenhuma justificativa coerente, é hora de chamar seu filho para uma conversa.

Como tratar o problema das drogas?

O psiquiatra Flávio Gikovate é taxativo: não existe receita. Cada caso tem sua complexidade, e o correto é, antes de mais nada, informar-se e buscar ajuda profissional. Ele também destaca que a grande maioria dos jovens usuários fazem uso das drogas por algum tempo, e depois param. Apenas um pequeno número continua usando drogas na vida adulta, e um número ainda menor se torna dependente.

Aliás, quanto à dependência química e psicológica, somente um profissional especializado no assunto pode fazer o diagnóstico e encaminhar ao tratamento, que raramente envolve procedimentos como internação ou medicação.

Mas, se o usuário já ultrapassou a linha do consumo eventual e/ou começa a sentir os efeitos nocivos das drogas sem conseguir reagir a eles, é hora (ou já se passou da hora) de se iniciar um tratamento.

Para superar o vício, o dependente precisa, antes de tudo, querer. Mas, se não houver uma vontade por parte do usuário, a intervenção familiar é bem-vinda e, em muitas vezes, consegue sucesso. Instituições de todos os tipos entram nessa batalha de cura.

Os Narcóticos Anônimos, uma das mais conhecidas instituições, estabelecem passos básicos para o tratamento do usuário de drogas. Esses "passos" incluem a admissão de que existe um problema, a busca de ajuda, auto avaliação, partilha do problema preservando a identidade do dependente, reparação de danos causados pelo dependente e trabalho com outros usuários de drogas que queiram se recuperar.

Existem muitos tipos de dependências e o tratamento para cada uma delas é diferente. O tratamento também varia dependendo das características do paciente. Problemas mentais, ocupacionais, de saúde, ou sociais, que tornam as pessoas dependentes dificultam ainda mais o tratamento. As terapias comportamentais oferecem às pessoas estratégias para serem usadas nas crises de ausência da droga. Ensinam aos usuários meios de abandonar a droga e de evitar recaídas, e ajudam a lidar com as recaídas caso elas ocorram.

Os melhores programas juntam uma combinação de terapias e outros serviços para atingir as necessidades individuais do paciente que são ajustadas de acordo com a idade, raça, cultura, orientação sexual, gravidez, parentesco, moradia e emprego.

Pesquisas mostram que o uso contínuo da droga causa modificações significantes nas funções cerebrais que persistem por muito tempo depois que o indivíduo pára de usar a droga. Para pacientes internados ou não, o tratamento deve ter, em geral, a duração de 90 dias. Mas, tratamentos mais prolongados são indicados. Para a manutenção, um tratamento de 12 meses é o mínimo necessário.

O entendimento que o vício tem tal componente biológico é importante para ajudar a explicar a dificuldade que a pessoa tem de atingir e manter a abstinência sem tratamento. E revela o motivo do processo de tratamento do vício precisar de um longo período. Muitas instituições consideram, inclusive, que o tratamento de um dependente químico dura para o resto de sua vida.

Além de fazer com que o usuário abandone o uso de drogas, o êxito do tratamento leva a pessoa de volta às funções normais da família, do lugar de trabalho e da comunidade. O processo do tratamento individual depende da extensão e da natureza dos problemas apresentados pelo paciente e da participação ativa do paciente no tratamento.

Onde buscar ajuda?

Telefones e endereços de instituições de tratamento e referência sobre a dependência de drogas:

» Centros de referência

» Instituições de tratamento

Centros de referência:

Narcóticos Anônimos
SP - (0xx11) 242-9733
RJ - (0xx21) 533-5015
BA - (0xx71) 532-1200
MG - (0xx35) 212-5400
RN- (0xx84) 620-6669
RS - (0xx51) 291-2441
ES - (0xx27) 355-6003

Cebrid
Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas

GREA
Grupo Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas
(0xx11) 3064-4973/ 3069-6960

PROAD
Programa de orientação e atendimento a dependentes
(0xx11) 5576-4472

NEPAD
Núcleo de Estudos e Pesquisa em Atenção ao Uso de Drogas
(0xx21) 589-4309

COMUNIDADES TERAPÊUTICAS
Amor Exigente - (0xx19)252-2630
O Amor-Exigente é um grupo de ajuda para pais, conjuges e filhos de dependentes químicos (álcool, drogas Lícitas e Ilícitas). Funciona em 513 grupos no Brasil, todos gratuítos.

Revim - (0xx11) 261-9647/ 831-0730

ATENDIMENTO A MENORES
Projeto Quixote - (0xx11) 576-4386/ 571-9476
Projeto Travessia - (0xx11) 571-9476

Instituições de tratamento:

Amazonas
Centro de Tratamento em Adicções, Álcool e Drogas (CENTRAD)
Prevenção e Tratamento
Colônia dos Japoneses / Lot. Portal do Japão
Rua dos Japoneses, 524 - Parque 10
Manaus - AM
Telefone para contato: (0xx92) 644-5752 / 644-1943

Bahia
Instituto Jacqui Schiff
Psicoterapia Intensiva e Internação Jardim Encantamento
Rua F., Q 10, lote 8
Itapuã Salvador - BA
Telefone para contato: (0xx71) - 285 5008

Clínica Vila Serena
Desintoxicação e internação
Loteamento Quintas do Piacaia, 79A
Salvador - BA
Telefone para contato: (0xx71) - 378 1535

Centro de Estudos e Terapia de Abuso de Drogas (CETAD)
Tratamento ambulatorial
Rua Pedro Lessa, 123
Salvador - BA
Telefone para contato: (0xx71) - 336 8673

Hospital Geral Prado Vaidares
Tratamento ambulatorial e psiquiátrico
Rua São Cristóvão, s/n
Jequié - BA
Telefone para contato: (0xx71) - 525 4117

Distrito Federal
Clínica Renascer
MSPW Quadra 05 - Conjunto 14 - Casa 03
Brasília - DF
Telefone para contato: (0xx61) 383 2000

Ceará
Centro de Convivência Elo da Vida
Encaminhamento ambulatorial e desintoxicação
Rua Vicente Nobre Macedo, s/n
Messejana - CE
Telefone para contato: (0xx85) - 229 3688

Desafio Jovem
Tratamento ambulatorial e internação de no mínimo 5 meses
Avenida Dedé Brasil, 565
Parangaba - CE
Telefone para contato: (0xx85) - 225 7230

Goiás
Movimento Jovens Livres
Terapia ocupacional com internação de aproximadamente 10 meses
Rua L-14, 150
Bairro Feliz
Goiânia - GO
Telefone para contato: (0xx62) - 261 3117

Mato Grosso
Secretaria de Estado da Saúde
Tratamento psiquiátrico
Rua D, quadra 12, lote 2
Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT
Telefone para contato: (0xx65) - 313 2155

Mato Grosso do Sul
Secretaria de Estado da Justiça
Acompanhamento psicológico e abrigo para menores carentes
Parque dos Poderes, bloco 4
Campo Grande - MS
Telefone para contato: (0xx67) - 726 4044

Centro de Recuperação Desafio Jovem Peniel
Internação em casa de repouso
Rua David Alexandria, 3857
Três Lagoas - MS
Telefone para contato: (0xx67) - 521 1374

Centro de Orientação e Atendimento ao Usuário de Drogas
Atendimento ambulatorial, orientação familiar e acompanhamento psiquiátrico
Rua Saldanha Marinho, 300
Campo Grande - MS
Telefone para contato: (0xx67) - 384 6224

Minas Gerais
CRER-VIP - Regional Matriz - Ambulatorio e Internato
Rua Principal, 689 - Bairro Bernardo de Souza
CEP 33.200-000
Vespasiano - Grande BH/ MG.
Telefone para contato: (0xx31) - 3621 6000
TeleFax: (0xx31) - 3621 6230.
Centro Mineiro de Toxicomania
Atendimento ambulatorial, acompanhamento psiquiátrico e terapia ocupacional
Alameda Ezequiel Dias, 365
Belo Horizonte - MG
Telefone para contato: (0xx31) - 273 5844

Ampare - Associação Mineira para Prevenção ao Abuso de Drogas
Tratamento ambulatorial, desintoxicação em fazendas do interior do estado
Avenida Afonso Pena, 941 2oandar
Belo Horizonte - MG
Telefone para contato: (0xx31) - 224 3656

Fuliban - Fundação Libanesa
Tratamento ambulatorial
Rua Tomé de Souza, 67 4oandar
Belo Horizonte - MG
Telefone para contato: (0xx31) - 221 9656

Grata - Grupo de Apoio à Toxicômanos e Alcoólatras
Centro de Recuperação Fênix
Rua Cel. Antônio Alves Pereira, 2215
Uberlândia - MG
Telefone para contato: (0xx34) - 9977 8104/ 237 1617/237 1615

Paraná
Casa de Recuperação Nova Vida
Tratamento de dependentes com internação
Rua Amazonas Souza de Azevedo, 488
Curitiba - PR
Telefone para contato: (0xx41) - 264 4075

Comunidade Hermon
Tratamento de dependentes com internação em chácara
Rua Santos Dumont, 2420
Colombo - PR
Telefone para contato: (0xx41) - 359 2372

Pernambuco
Centro Eulâmpio Cordeiro de Recuperação Humana (CRHEC)
Atendimento ambulatorial
Rua Rondônia, 100
Recife - PE
Telefone para contato: (0xx81) - 228 3200

Piauí
Hospital Areolino de Abreu
Internação e desintoxicação
Rua Primeiro de Maio, 2420
Primavera - PI
Telefone para contato: (0xx86) - 222 2910

Rio de Janeiro
Centro de Convivência Encontro
Especializado no tratamento de dependência de drogas e álcool.
Rua Professor Carlos Eugênio Mexias, 1.072
Barão de Vassouras
Vassouras - RJ
Telefone para contato: (0xx24) - 471 1716
Fax: (0xx24) 471-1980

Clínica Jorge Jaber
Rio de Janeiro - RJ
Telefones para contato: (0xx21) - 442 2230
(0xx21) - 442 4354

Clínica Vila Serena
Desintoxicação e internação
Rua Professor Olinto Oliveira, 28, Santa Teresa
Telefone para contato: (0xx21) - 556 0696/ 265 7991
Fax: (0xx21) - 556 6583

Comunidade Terapêutica Kairós
Ambulatório e Internação
1. Ambulatório: Rua Dr. Oliveira, 314, Barra do Imbuí - Teresópolis
2. Internação: Rua "A", lote 20, Pq. Pessegueiros (BR 116 - Km68) - Teresópolis
Telefone para contato: (0xx21) - 2741-2987

Nepad - Núcleo de Estudos e Pesquisas em Atenção ao Uso de Drogas
Tratamento ambulatorial ligado à Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ)
Rua Fonseca Telles, 121 4o andar
Bairro de São Cristóvão
Rio de Janeiro - RJ
Telefone para contato: (0xx21) - 589 3269

Rio Grande do Sul
Comunidade Terapêutica Nova Vida
Grupo de Apoio à Família e Internação
Av. Pedro Adams Filho, 4547
Campo Bom e Novo Hamburgo - RS
Telefone para contato: (0xx51) 582-9165 e 9115-1699

Cruz Vermelha Brasileira
Atende 15 pessoas novas por mês
Avenida Independência, 993
Porto Alegre - RS
Telefone para contato: (0xx51) - 221 5140

CDQuim Tratamento
Tratamento ambulatorial (grupos e individual) e internação
Av. Oscar Pereira, 8300 (no Hospital Parque Belém)
Porto Alegre - RS
Telefone para contato: (0xx51) - 318 4555

Instituto Fernando Pessoa
Acompanhamento ambulatorial
Rua Castro Alves, 678
Rio Branco - RS
Telefone para contato: (0xx51) - 222 3014

Instituto Wilfred Bion
Seções de psicoterapia com o apoio da Igreja Luterana
Rua Gomes Jardim, 758
Porto Alegre - RS
Telefone para contato: (0xx51) - 223 5643

Clínica Vila Serena
Desintoxicação e internação
Avenida Coronel Marcos, 880
Pedra Redonda - RS
Telefone para contato: (0xx51) - 249 3918

Centro Vita
Internação
Rua Lombo Pinheiro, parada 4
Porto Alegre - RS
Telefone para contato: (0xx51) - 336 1835

UTRAVARP
Unidade de Tratamento e Recuperação do Alcoolismo do Vale do Rio Pardo
Rua Simão Gramlich, 955
Bairro Aliança
96800-000- Santa Cruz do Sul - RS
Telefone para contato: (0xx51) - 719 5044

São Paulo

Hospital Água Funda
Desintoxicação e tratamento terapêutico
Avenida Miguel Estéfano, 3030
Bairro da Água Funda
São Paulo - SP
Telefone para contato: (0xx11) - 577 8355

ORION
Intervenção e Reabilitação
Rua Serra de Bragança, 25
Tatuapé
São Paulo - SP
Telefone para contato: (0xx11) - 6192 3205 / 6941 9970

Clínica Vila Serena
Mínimo de 30 dias de internação
Rua Marseille, 100
Bairro da Vila da Represa
São Paulo - SP
Telefone para contato: (0xx11) - 520 9094

Associação Promocional Oração e Trabalho
Tratamento baseado na laboterapia e enfoque religioso
Fazenda Vila Brandina
Campinas - SP
Telefone para contato: (0xx19) - 251 5511

Núcleo de Assessoria em Ações Preventivas
Prevenção, tratamento ambulatorial e desintoxicação
Rua Doutor Costa Júnior, 546
São Paulo - SP
Telefone para contato: (0xx11) - 864 4213

Ambulatório de Saúde Mental de Cruzeiro
Tratamento ambulatorial
Rua Doutor Othon Barcellos, 181
Cruzeiro - SP
Telefone para contato: (0xx12) - 544 3547

Ambulatório Regional de Saúde Mental de Presidente Prudente
Tratamento ambulatorial
Avenida Manoel Goulart, 2139
Presidente Prudente - SP
Telefone para contato: (0xx18) - 221 4633

Ambulatório de Saúde Mental de Jaú
Tratamento ambulatorial e psicológico
Rua Campos Sales, 23
Jaú - SP
Telefone para contato: (0xx14) - 622 3435

Serviços Integrados de Psiquiatria Ltda/Sociedade Potuguesa de Beneficiência de Santos
Tratamento ambulatorial, desintoxicação e internação de 15 a 30 dias
Rua Monsenhor de Paula Rodrigues, 200
Santos - SP
Telefone para contato: (0xx13) - 232 3398

Montan Comunidade Terapêutica
Trabalho de reintegração social e 12 passos do N.A.
Rodovia Anhanguera, Km 72
Louveira - SP
Telefone para contato: (0xx19) - 878 2418

Comunidade de Recuperação Nova Vida Votuporanga
Mais informações com Rosana ou Billy
Telefone para contato: (0xx17) 421 -3034
Fax (17) 421 4212

Vitória Centro de Recuperação de Farmacodependências S/C Ltda
Mais informações com Carlos Barcelos
Rua Dr. Jorge Balduzzi, 301
Embu das Artes – SP
Telefone para contato: (0xx11) - 494 3098/ 7961 1513 (fonefax)

Esquadrão da Vida de Marília
Rua Estados Unidos,44
Bairro Jóckei Clube
Marília - SP
Telefones para contato: (0xx14) - 427 2266 / /427 4315

Instituição Cláudio Amâncio
Rua Antonio Bento, 104 - Cep 09520-050 - Centro
São Caetano do Sul - SP
Telefones para contato: (0xx11) - 4224 1770 / 4224 2215

Santa Catarina

Secretaria Estadual de Saúde
Atendimento ambulatorial e encaminhamento a centros de saúde
Rua Esteves Júnior, 160 12oandar
Florianópolis - SC
Telefone para contato: (0xx48) - 224 5500

Hospital Nossa Senhora dos Prazeres
Tratamento com internação
Rua Hercílio Luz, 35
Lages - SC
Telefone para contato: (0xx49) - 224 1077

Cerene
Tratamento para dependentes do sexo masculino
Rua Jacob Ineichen, 6.607 - Itoupava Central
CP 6.363 - CEP 89069-400
Blumenau - SC
Telefone para contato: (0xx47) - 337 0007

Tocantins

Projeto Saúde Escolar
Encaminhamento médico e psicológico
Esplanada Das Secretarias
Centro
Telefone para contato: (0xx63) - 218 1762

Fonte: VidaeSaúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário